Opaleiros do Paraná

Conecte-se e aproveite as vantagens de ser um Membro Oficial.

Login

Esqueci minha senha

Últimos assuntos

» Opala Diplomata 1.991 Automático
Hoje à(s) 15:12:40 por Rubão6cc

» Ajuda com senha perdida
Hoje à(s) 15:02:56 por Rubão6cc

» Uso do vira 153 no 151 s
Hoje à(s) 14:40:03 por paulo_bomber

» Faixa do ss
Hoje à(s) 14:10:33 por Call

» Qual e meu opala
Hoje à(s) 14:08:12 por Call

» Carro/Direção trepidando muito
Hoje à(s) 12:51:16 por marcoskle

» Sair do 228 para o 3E
Hoje à(s) 12:36:04 por marcoskle

» Revitalização Opala 82 - 4 portas Bege
Hoje à(s) 12:19:56 por Alexandre Concatto

» RONCO DO 6 CILINDROS
Hoje à(s) 12:02:31 por DanielSS76

Quem está conectado

69 usuários online :: 6 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 63 Visitantes :: 2 Motores de busca

joaoc, Lucas Cesar, Marcelo SS, paulo_bomber, Rubão6cc, Shadow90


[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 523 em Qua 15 Dez - 17:01:27

Produtos 101 Racing Parts

Seg 22 Abr - 17:29:39 por 101 Racing Parts

Comando de Válvulas Mecânico ISKY (USA)
CHEVROLET/GM 6cil 4.1L/250 1969-91 Opala
CHEVROLET/GM 4cil 2.5L/151 1969-91 - Carburados (tubo 6mm) Chevette, Chevy, Marajó



LINK PARA O PRODUTO
http://www.101racingparts.com/ecommerce/lista_produtos/busca%7C%7Cisk-2/1

Rafael Rodrigues
rafael@101racingparts.com
(41) 3941-4138


Filtro de Combustível de Tubo com Bico …

Top dos mais postadores

thallisguimaraes (17463)
 
tabarbosa (16851)
 
BANDIT (13534)
 
Xann (10387)
 
j ricardo (9351)
 
Jean Bida (9311)
 
Eduardo SSa (8678)
 
raphaelcaronti (8482)
 
Rubão6cc (7873)
 
100 (7771)
 

Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Compartilhe

Cmte. Carvalho
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 45
Localização : Parnaíba, PI / João Pessoa, PB
Modelo do carro : Jeep Cj5 1978 4.1/S
Fiat Linea 2010 1.9 Absolute
Cilindros : 4 + 6 = 10 cil.
Data de inscrição : 23/01/2010

Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por Cmte. Carvalho em Ter 23 Ago - 21:37:16

Também disponível em: http://www.opala.com/forum/viewtopic.php?f=8&t=25179

Prezados amigos;

Visando eliminar de uma vez por todas problemas como instabilidade de marcha lenta, baixo rendimento, dificuldade em partidas a frio, dentre outros, eis que finalmente removi o cabeçote do 4.1/S instalado em meu Jeep. Evidentemente que antes de iniciar tal empreitada, por ter a mecânica automotiva como um hobby em contínuo desenvolvimento, tratei de realizar minuciosas pesquisas na internet a fim de inteirar-me não apenas do ferramental necessário, mas também de todos os procedimentos requeridos a fim de evitar qualquer (possivelmente danoso) equívoco.

Além da junta em si (Sabó), providenciei um torquímetro de estalo (Lee Tools, "for a hundred bucks - from Taiwan with love..."), uma chave soquete de 1/2 polegada (Disma) bem como os soquetes sextavados de 16 e 19 milímetros (Vonder). Luvas nitrílicas (atualmente só suja-se de graxa/óleo/etc. quem assim desejar) e uma extensão de 5 polegadas também mostraram-se extremamente bem vindas.

Removi o carburador e os coletores - algo com que já estou familiarizado; Após, a tampa de válvulas; Drenei o sistema de arrefecimento, seguidamente removendo a câmara da válvula termostática e a própria (com a finalidade de afastar a mangueira ligada ao cabeçote); Velas e seus respectivos cabos (todos marcados); Por fim, força bruta para mover os 14 parafusos de 19 milímetros que unem o cabeçote ao bloco: extremamente duros! Precisei fazer uso de uma alavanca improvisada com braço de suspensão de motocicleta, a qual foi fundamental para o trabalho. Acrescento que os parafusos também passaram por marcação (a fim de que se mantenha seu posicionamento original) após a soltura de acordo com a sequência adequada indicada na embalagem da junta.

O momento de erguer o cabeçote teve princípio decepcionante - a peça não se movia um milímetro, aparentando continuar tão fixa quanto antes da extração dos parafusos. Um martelo de borracha foi capaz de criar calos em meus polegares após tamanho empenho, aplicando cuidadosas pancadas na posição onde os coletores são afixados. Com a ajuda de um velho amigo, igualmente entusiasmado pela natureza do serviço, persistimos algumas vezes ainda sem sucesso até que, repentinamente, numa das últimas marteladas já desesperançosas, o cabeçote demonstrou singela oscilação vertical: finalmente fomos capazes de elevar a peça! Prosseguimos na remoção e marcação ainda das varetas dos tuchos, as quais são soltas e por pouco não nos pegaram de surpresa rumo ao chão. A junta removida ainda permitia ler os caracteres "GM CKG" - o que reforça a minha tese de que esta é a primeira abertura deste motor desde sua fabricação em 1993.

Com o cabeçote lateralmente apoiado ao chão, fiz uso de duas latas e meia do descarbonizante CAR80 (Snap On) que, apesar de provocar alterações perceptíveis, infelizmente não foi suficiente para uma limpeza adequada das peças. Assim sendo, qual solvente os senhores sugerem para o serviço?

Providenciarei uma espátula plástica para raspar restos de junta e carbonização incrustados nas faces tanto do cabeçote como do bloco. Também irei buscar um sargento (ligeiramente) modificado que me permitirá desmontar o conjunto das válvulas para limpeza e esmerilhamento. Dentro do possível e a depender do progresso do serviço, mantê-los-ei informados tanto textualmente como pictograficamente. A propósito, eis algumas imagens:













Agradeço de imediato pela atenção dispensada a este tópico. Forte abraço, até!

xovil
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 396
Idade : 41
Localização : CAMPO GRANDE-MS
Modelo do carro : Comodoro SL/E 89/89
Cilindros : 6cc
Data de inscrição : 19/07/2011

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por xovil em Ter 23 Ago - 22:05:16

Opa cmte estou acompanhando a evolução do serviço,o motor do meu também nunca foi aberto e este assunto muito me interessa. Boa sorte na empreita e estou no aguardo.
Um abraço!

Alex Udo
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 256
Idade : 46
Localização : Itapecerica da Serra - SP
Modelo do carro : Standart 1976
Comodoro 1990
Diplomata 1991




Cilindros : 6cc
Data de inscrição : 25/01/2009

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por Alex Udo em Qua 24 Ago - 9:08:46

Vai precisar de um torquimetro para montar o cabeçote novamente, 14kg por parafuso.

Verifique se as valvulas estão vedando bem, se não há vazamento, encha os dutos com combustível e veja se estão vedando.

Abs.


j ricardo
Moderadores
Moderadores

Masculino Número de Mensagens : 9351
Idade : 40
Localização : sao paulo
Modelo do carro : opala luxo 71
Cilindros : 4 cil
Data de inscrição : 17/03/2010

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por j ricardo em Qua 24 Ago - 14:21:57

-Para limpeza dos restos de junta pode usar uma espátula de aço mesmo... não vai danificar nada na face do cabeçote/bloco...

para limpeza realmente a unica coisa que funciona é o banho quimico... dado em retificas, para quem não sabe como é, é apenas SOLUPAN quente... se quiser fazer em casa mesmo, vai ter que utilizar a metade de um tambor, com o solupan diluido como manda a embalagem, e usar um fogazinho de duas bocas, igual de acampamento para "cozinhar" o cabeçote por algumas horas... sinceramente não vale o investimento para alguém que mexe com mecanica por hobby... eu mesmo prafiro levar na retífica e pagar os 30 reais pelo banho quimico do cabeçote ou 60 se for o bloco do motor... e 15 reais se for carter, ou tampas de valvulas... latas em geral...

seu motor já é do moderno... bielas de 6" e retentor trazeiro.... melhor...

e capriche no esmerilhamento das valvulas, depois da ultima esmerilhada com carburundum, faça um ultimo passe com pasta de dente... o contato com a sede tem que ficar polido...

Pinduca do Bagre
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 714
Idade : 49
Localização : Parobé - RS
Modelo do carro : Diplomata Coupé 88 Saia-e-Blusa (Bagre)
Caravan Comodoro 89 (Bêuda)
Cilindros : 4.1 e 2.5 (álcool)
Data de inscrição : 18/02/2009

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por Pinduca do Bagre em Qua 24 Ago - 14:54:21

Boa tarde Cmte!
Primeiramente, parabéns pelo texto, português irretocável.
Gosto muito de lê-los.
Observando melhor, não há sinal de junta queimada.
Não fosse pelo emporcalhamento que nossa alcoolina produz
nos componentes internos do motor, acredito não haver necessidade
de ter aberto o cabeçote, mas já que foi aberto, melhor!
E como comentou J. Ricardo, banho químico deixa tudo bem
descarbonizado e, se decidir levá-lo à retífica para isso, aproveite
e já faça o assentamento de válvulas, troca de retentores, aplainamento, tudo por lá.
Vem tudo cheirando a novo.

1 forte abraço! OKK

Cmte. Carvalho
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 45
Localização : Parnaíba, PI / João Pessoa, PB
Modelo do carro : Jeep Cj5 1978 4.1/S
Fiat Linea 2010 1.9 Absolute
Cilindros : 4 + 6 = 10 cil.
Data de inscrição : 23/01/2010

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por Cmte. Carvalho em Qua 24 Ago - 20:26:02

Prezados amigos;

Mais uma vez, muito obrigado pela atenção dispensada a este tópico!

Prezado Pinduca, muito obrigado pelo elogio quanto à escrita! Particularmente sou contra a polêmica reforma ainda recém implementada do "nosso" Português, mas isso é assunto para outro fórum...

A fim de mantê-los atualizados segue, conforme prometido, o reporte de novidades: muito lamentavelmente receio não possuir à disposição nesta cidade um estabelecimento que forneça banho químico - há não muito tive a intenção de cromar algumas peças e, surpreendentemente, fui informado de que o comerciante que promovia tal serviço (dentre outros processos químicos) mudou-se para Fortaleza devido à suposta escassez de clientela (pretenderia ele tornar-se um magnata no ramo de cromagem?)... Com isto em mente, e buscando a melhor eficiência possível na limpeza das peças - além de um custo/benefício mais equilibrado, terminei por escolher Thinner para a limpeza dos depósitos de carbonização e borras de óleo constantes no cabeçote. Onde resido, a lata de CAR80 é vendida por R$15,00; Ao passo que o litro de solvente, comercializado "à granel", compra-se por R$5,00.

"Servi" o Thinner - da garrafa de refrigerante onde os 2 litros adquiridos me foram entregues, diretamente para os dutos de admissão/escape. Alguns minutos de ação, estimulados por uma escova de dentes em desuso, foram capazes de render uma melhora inédita, todavia certamente ainda há o que ser limpo. Tal trabalho será concluído tão logo providencie o sargento para desmontagem/remoção das válvulas, assim como a espátula plástica para raspagem dos restos de junta.

Aproveito a oportunidade para lhes exibir mais algumas imagens obtidas antes da limpeza supracitada:



Imagens individuais dos cilindros 1 a 6:













Permaneçam à vontade para expressar-se. Forte abraço, até!

worm
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 1142
Idade : 33
Localização : Blumenau - SC
Modelo do carro : Qualquer um, desde que seja um Opala ta valendo.
Cilindros : 4 ou 6, tanto faz, se não estiver fumando ta ótimo.
Data de inscrição : 05/11/2010

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por worm em Qua 24 Ago - 21:34:02

Cmte. Carvalho

Desculpe o comentário fora de hora, mas ..

Vc deve ser professor de português ou algo do gênero né ? Muito difícil ler coisas como " todavia certamente ainda há o que ser limpo", "A fim de mantê-los atualizados" num forum. Mas enfim, boa sorte na manutenção do motor, o thinner ajuda bastante nessas horas.

Cmte. Carvalho
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 45
Localização : Parnaíba, PI / João Pessoa, PB
Modelo do carro : Jeep Cj5 1978 4.1/S
Fiat Linea 2010 1.9 Absolute
Cilindros : 4 + 6 = 10 cil.
Data de inscrição : 23/01/2010

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por Cmte. Carvalho em Qua 24 Ago - 21:49:40

Prezado Worm;

Não sou professor de português, escritor ou algo do gênero... Sou apenas um "atrevido" - escrevo assim por opção.

Fique à vontade. Abraço, até!

worm
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 1142
Idade : 33
Localização : Blumenau - SC
Modelo do carro : Qualquer um, desde que seja um Opala ta valendo.
Cilindros : 4 ou 6, tanto faz, se não estiver fumando ta ótimo.
Data de inscrição : 05/11/2010

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por worm em Qua 24 Ago - 22:12:53

Cmte. Carvalho escreveu:Prezado Worm;

Não sou professor de português, escritor ou algo do gênero... Sou apenas um "atrevido" - escrevo assim por opção.

Fique à vontade. Abraço, até!

Tá certo.

Cmte. Carvalho
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 45
Localização : Parnaíba, PI / João Pessoa, PB
Modelo do carro : Jeep Cj5 1978 4.1/S
Fiat Linea 2010 1.9 Absolute
Cilindros : 4 + 6 = 10 cil.
Data de inscrição : 23/01/2010

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por Cmte. Carvalho em Qui 13 Out - 13:11:09

Prezados amigos;

O tempo me tem sido restrito por um número de razões particulares, contudo ainda assim foi possível progredir no serviço - dei sequência à limpeza do cabeçote, onde o velho método da lavagem com esponja e detergente veio a mostrar-se bastante eficiente, em especial na base que assenta ao bloco; Arrisquei com escova de aço rotatória (furadeira) em alguns pontos de difícil acesso na parte superior da peça, e também nos dutos de admissão e escape, angariando bons resultados em ambos locais; Com um kit de escovas tubulares manuais (novamente o comércio da cidade me ficou devendo) pude remover grande parte das incrustações de carbono contidas nos orifícios do cabeçote (guias de válvulas, guias das varetas dos tuchos, etc.). Ao final, última lavagem e WD-40 por sobre toda a peça a fim de proteger da corrosão até o momento da instalação.

Uma ferramenta recém adquirida e que veio a provar-se bastante útil foi um moto-esmeril de bancada, "xing-ling" mesmo (Eccofer). Com uma escova de aço instalada no lugar de um dos rebolos é possível, com facilidade e eficiência, limpar válvulas, molas, varetas, balancins, dentre outros. As molas (das válvulas) possuem marcação em tinta (no meu caso, na cor verde) indicativa do lado que deve ser instalado junto ao bloco. Caso tal indicador seja perdido, use um paquímetro para verificar em qual das extremidades as espiras estão mais próximas - essa extremidade, de espiras mais compactadas, deverá ser posta junto ao bloco (para esclarecer, posteriormente uma imagem). Quanto ao moto-esmeril, reforço a importância do uso de óculos de proteção - por várias vezes senti cerdas de aço que se desprenderam da escova atingir a área da face, inclusive o próprio óculos. Animais de estimação e crianças também devem ser afastados durante o período de operação, a fim de evitar qualquer imprevisto.

Drenei todo o óleo do motor (a troca já estava em tempo), tirei o filtro velho e, seguindo "la doctrine de Jacques", aproveitei para remover o cárter a fim de desamassar alguns pontos (evitando elevar o nível do óleo); Tal tarefa requereu certa paciência, vez que para remover todos os 24 parafusos que o prendem ao bloco antes tive ainda de desprender o conjunto do arranque. Os parafusos devem ser verificados e separados, vez que existem dois de maior comprimento (instalados nos orifícios mais à frente do motor), e quatro de maior diâmetro (diagonalmente opostos). Vi que terei de comprar outra junta (mais moderna e infelizmente mais cara - peça única), usada também no 4.1 dos primeiros Omega.

O "pescador" (de óleo) estava preocupantemente obstruído, aparentando haver meros dois furos para a sucção por parte da bomba. Removi-o (primeiro a porca anexa à do mancal - duas porcas no mesmo prisioneiro - seguido de força no sentido oposto ao da entrada do tubo na bomba de óleo) e coloquei-o de banho em diesel no qual ainda se encontra neste momento. Ainda inspecionando o motor por baixo, fiquei aliviado por não verificar sinais visíveis de desgaste, folgas, e nem mesmo borras (exceto no fundo do carter). Entretanto, me chamou atenção uma mancha amarelada de aspecto úmido, existente em um pequeno orifício próximo da base da bomba mecânica de gasolina - possivelmente um vazamento proveniente da membrana interna desgastada. Mais um custo...

Câmbio em neutro e, com a mão na hélice (bomba d'água), rotacionei o motor verificando os cilindros e colocando um pouco de WD-40 em cada um deles. Havendo concluído, alinhei a marca do compensador harmônico ("polia") com o "O" constante na régua de calibragem de avanço de ponto.

A batalha do momento tem sido remover os tuchos para inspeção e limpeza - mesmo com desengripante, essa parte do serviço tem se mostrado, por incrível que pareça (são peças tão pequenas e leves), a mais difícil e requeredora de grande dose de persistência - além de uma caridosa cervical, logicamente. No mais, cuidadosa raspagem dos restos remanescentes de junta e remoção de depósitos de carbono e borra das tubulações e roscas na face superior do bloco.

Para quem já fez o serviço, deixo a pergunta: quais devem ser as especificações do thread-chaser/tap/macho usado para limpar as roscas dos parafusos no cabeçote? Adquiri um "kitzinho mãe-de-china" (20 peças Western) vendido em supermercado, mas o 12-1,75mm nele contido que inicialmente pensei servir emperrou logo após a meia rotação inicial, o que me fez abortar a missão com receio de danificar a rosca original...

Por agora é tudo. Fotos em breve. Agradeço novamente por toda a paciência e atenção. Forte abraço, fiquem com Deus, até!

j ricardo
Moderadores
Moderadores

Masculino Número de Mensagens : 9351
Idade : 40
Localização : sao paulo
Modelo do carro : opala luxo 71
Cilindros : 4 cil
Data de inscrição : 17/03/2010

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por j ricardo em Qui 13 Out - 13:34:00

Olá amigo Jipeiro!

eu nunca usei limpar as roscas do bloco com um macho... geralmente uso óleo e o parafuso original dele...

dica: os parafusos do cabeçote mais próximos á bomba dágua, é melhor colocar um pouco menos torque, eu uso 12kg para os dois primeiros(olhando da frente do carro) e 13kg para todos outros, seguindo a sequencia indicada na embalagem da junta...faça o aperto em 3 ou 4 etapas...

na hora de torquear o cabeçote, primeiro monte a bomba dágua...reforça aquela parede no momento critico do aperto...

Müller
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 3051
Idade : 33
Localização : São Paulo - SP
Modelo do carro : 2 Caravans Comodoro 88 e 91 (4 e 6cil. respectivamente) e 1 Opala Comodoro 90 (4 cil.)
Cilindros : 14 no total!!!!
Data de inscrição : 05/01/2008

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por Müller em Qui 13 Out - 13:58:56

Aproveitando-me do tópico (se assim me permitir, amigo Cmte), j ricardo ou alguém da Z/L conhece alguma oficina mto, mto , mto boa e confiável p/ fazer retífica de cabeçotes de Opala?

Pergunto pq já tem mto tempo q minha Caravan 6cil fuma qdo dá partida (quente ou frio) e qdo acelera de uma vez (as famosas "bombadas"). Andando civilizadamente e em marcha lenta nunca fumou. Acredito q sejam os retentores de válvulas. Ano passado desmontei os coletores e vi q havia poça de óleo nos dutos de admissão, mas consegui passar na CONTROLAR msm assim pq o inspetor foi gentil com o acelerador. Esse ano foi REJEITADO por emissão de fumaça visível, pois o inspetor da vez era um cavalo e bombava o acelerador parecendo q estava chamando pro racha na saida do farol.....FDP.


_________________
Caravan Comodoro SL/E 88 4cil.
Caravan Comodoro SL/E 91 6cil., completa
Opala Comodoro SL/E 90 4cil.


j ricardo
Moderadores
Moderadores

Masculino Número de Mensagens : 9351
Idade : 40
Localização : sao paulo
Modelo do carro : opala luxo 71
Cilindros : 4 cil
Data de inscrição : 17/03/2010

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por j ricardo em Qui 13 Out - 14:06:19

Müller escreveu:Aproveitando-me do tópico (se assim me permitir, amigo Cmte), j ricardo ou alguém da Z/L conhece alguma oficina mto, mto , mto boa e confiável p/ fazer retífica de cabeçotes de Opala?

Pergunto pq já tem mto tempo q minha Caravan 6cil fuma qdo dá partida (quente ou frio) e qdo acelera de uma vez (as famosas "bombadas"). Andando civilizadamente e em marcha lenta nunca fumou. Acredito q sejam os retentores de válvulas. Ano passado desmontei os coletores e vi q havia poça de óleo nos dutos de admissão, mas consegui passar na CONTROLAR msm assim pq o inspetor foi gentil com o acelerador. Esse ano foi REJEITADO por emissão de fumaça visível, pois o inspetor da vez era um cavalo e bombava o acelerador parecendo q estava chamando pro racha na saida do farol.....FDP.

Muller!
olha, o meu motor dessa vez que quiz caprichado, levei na pontual... na rua taubaté, travessa da conselheiro carrão...

só eu de teimosia, não quis fazer as cavas para retentor de opala nas valvulas de blazer... bem que os caras avisaram que poderia fumar... mas agora está muito discreto, só quando liga e nem é perceptivel de longe...

já me disseram que até para opala original, vale a pena retentor de valvula de motor MWM...

Müller
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 3051
Idade : 33
Localização : São Paulo - SP
Modelo do carro : 2 Caravans Comodoro 88 e 91 (4 e 6cil. respectivamente) e 1 Opala Comodoro 90 (4 cil.)
Cilindros : 14 no total!!!!
Data de inscrição : 05/01/2008

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por Müller em Qui 13 Out - 14:16:03

j ricardo escreveu:
Müller escreveu:Aproveitando-me do tópico (se assim me permitir, amigo Cmte), j ricardo ou alguém da Z/L conhece alguma oficina mto, mto , mto boa e confiável p/ fazer retífica de cabeçotes de Opala?

Pergunto pq já tem mto tempo q minha Caravan 6cil fuma qdo dá partida (quente ou frio) e qdo acelera de uma vez (as famosas "bombadas"). Andando civilizadamente e em marcha lenta nunca fumou. Acredito q sejam os retentores de válvulas. Ano passado desmontei os coletores e vi q havia poça de óleo nos dutos de admissão, mas consegui passar na CONTROLAR msm assim pq o inspetor foi gentil com o acelerador. Esse ano foi REJEITADO por emissão de fumaça visível, pois o inspetor da vez era um cavalo e bombava o acelerador parecendo q estava chamando pro racha na saida do farol.....FDP.

Muller!
olha, o meu motor dessa vez que quiz caprichado, levei na pontual... na rua taubaté, travessa da conselheiro carrão...

só eu de teimosia, não quis fazer as cavas para retentor de opala nas valvulas de blazer... bem que os caras avisaram que poderia fumar... mas agora está muito discreto, só quando liga e nem é perceptivel de longe...

já me disseram que até para opala original, vale a pena retentor de valvula de motor MWM...

Blz!

Mas lá tem como deixar o carro ou tem q levar só o cabeçote? Se for p/ levar o cabeçote não tem como, pois não tenho ferramental adequado p/ esse serviço....E tem idéia de valores? Esse cabeçote foi tirado uma única vez há 7 anos, qdo queimou a junta do cabeçote e nunca mais saiu do carro...Tô por fora...rs


_________________
Caravan Comodoro SL/E 88 4cil.
Caravan Comodoro SL/E 91 6cil., completa
Opala Comodoro SL/E 90 4cil.


j ricardo
Moderadores
Moderadores

Masculino Número de Mensagens : 9351
Idade : 40
Localização : sao paulo
Modelo do carro : opala luxo 71
Cilindros : 4 cil
Data de inscrição : 17/03/2010

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por j ricardo em Qui 13 Out - 14:26:01

ah! lá é só retifica... tem que levar só o cabeçote...

no meu 4cil cobraram 320 para fazer completo, guias novas e colocar as valvulas de blazer...

o unico ferramental nescessário para isso é um torquimetro... o resto é tudo chave normal...

se precisar de uma força com algo aí, me mande MP!

Müller
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 3051
Idade : 33
Localização : São Paulo - SP
Modelo do carro : 2 Caravans Comodoro 88 e 91 (4 e 6cil. respectivamente) e 1 Opala Comodoro 90 (4 cil.)
Cilindros : 14 no total!!!!
Data de inscrição : 05/01/2008

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por Müller em Qui 13 Out - 14:30:55

j ricardo escreveu:ah! lá é só retifica... tem que levar só o cabeçote...

no meu 4cil cobraram 320 para fazer completo, guias novas e colocar as valvulas de blazer...

o unico ferramental nescessário para isso é um torquimetro... o resto é tudo chave normal...

se precisar de uma força com algo aí, me mande MP!

Tranquilo!

Deixa eu esfriar a cabeça primeiro (CONTROLAR me f****) e ter mais tempo p/ saber se eu consigo mexer.

Valeu!!!


_________________
Caravan Comodoro SL/E 88 4cil.
Caravan Comodoro SL/E 91 6cil., completa
Opala Comodoro SL/E 90 4cil.


Müller
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 3051
Idade : 33
Localização : São Paulo - SP
Modelo do carro : 2 Caravans Comodoro 88 e 91 (4 e 6cil. respectivamente) e 1 Opala Comodoro 90 (4 cil.)
Cilindros : 14 no total!!!!
Data de inscrição : 05/01/2008

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por Müller em Sex 14 Out - 19:36:07

Sr. Cmte, acho que vou continuar utilizando seu tópico, td bem? Mesmo pq trata-se do mesmo assunto.

Hj criei coragem e retirei o cabeçote a fim de descobrir se é proveniente dele mesmo a fumaceira q solta qdo liga ou acelera fundo. Algumas constatações:

1. Ao retirar os coletores deparei-me com os dutos de admissão empoçados de óleo. Todos eles. Porém, os coletores estavam levemente úmidos.

2. Há grande quantidade de incrustações úmidas nos dutos de escape bem como na haste das válvulas.

3. A haste das válvulas de admissão está banhada de óleo, vista pelos dutos.

4. As câmaras de combustão tbem estão com incrustações levemente úmidas, sendo q o 5º cilindro apresenta maior nível de umidade (mais brilhante).

5. As válvulas de admissão estão com fuligem/ incrustações pretas e as de escape com fuligem esbraquiçada, seca.

6. A cabeça dos pistões estavam umidecida igualmente às câmaras de combustão, com pouca carbonização e em ponto concentrado (mais ao centro do pistão).

De resto, o cabeçote parece bom. Não encontrei trincas ou algum outro tipo de problema.

Vou mandá-lo p/ retífica p/ verificar guias, retentores e sedes e espero com isso eliminar a emissão de fumaça azul.

Com essa descrição alguém tem algo a me esclarecer a respeito do estado do meu cabeçote?


Última edição por Müller em Dom 16 Out - 13:32:20, editado 1 vez(es)


_________________
Caravan Comodoro SL/E 88 4cil.
Caravan Comodoro SL/E 91 6cil., completa
Opala Comodoro SL/E 90 4cil.


Cmte. Carvalho
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 45
Localização : Parnaíba, PI / João Pessoa, PB
Modelo do carro : Jeep Cj5 1978 4.1/S
Fiat Linea 2010 1.9 Absolute
Cilindros : 4 + 6 = 10 cil.
Data de inscrição : 23/01/2010

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por Cmte. Carvalho em Sab 15 Out - 16:10:26

Müller escreveu:Sr. Cmte, acho que vou continuar utilizando seu tópico, td bem? Mesmo pq trata-se do mesmo assunto.

Sem problemas, Sr. Müller! Como mesmo disse, o assunto é pertinente ao tópico; Portanto, fique à vontade. Minha intenção é a de aprender, além de buscar ajudar a enriquecer o acervo de procedimentos mecânicos presentes neste fórum de maneira que, eventualmente, alguém possivelmente seja auxiliado no futuro (assim como tem sido para mim).

Em breve trarei novas fotos quanto ao meu caso. Abraços!

Ps.: não faço questão que me chamem de "senhor" ou mesmo "Comandante". OKK

frederico santos
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 3000
Idade : 40
Localização : Guarapari es
Modelo do carro : 1986 CUPÊ MODEL 88
Cilindros : 6CILINDROS
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por frederico santos em Sab 15 Out - 16:33:50


O momento de erguer o cabeçote teve princípio decepcionante - a peça não se movia um milímetro, aparentando continuar tão fixa quanto antes da extração dos parafusos. Um martelo de borracha foi capaz de criar calos em meus polegares após tamanho empenho, aplicando cuidadosas pancadas na posição onde os coletores são afixados. Com a ajuda de um velho amigo, igualmente entusiasmado pela natureza do serviço, persistimos algumas vezes ainda sem sucesso até que, repentinamente, numa das últimas marteladas já desesperançosas, o cabeçote demonstrou singela oscilação vertical: JA ACONTECEU COMIGO A PRIMEIRA VEZ Q FIU TIRAR MEU CABEÇOTE usei uma talhadeire e o macaco q apoiando sobre o calço do motor q ferrou o calço q usei como apoio e nada do cabeçote sair..parecia q tinham passado vedajuntas..

j ricardo
Moderadores
Moderadores

Masculino Número de Mensagens : 9351
Idade : 40
Localização : sao paulo
Modelo do carro : opala luxo 71
Cilindros : 4 cil
Data de inscrição : 17/03/2010

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por j ricardo em Sab 15 Out - 17:13:48

frederico santos escreveu:
O momento de erguer o cabeçote teve princípio decepcionante - a peça não se movia um milímetro, aparentando continuar tão fixa quanto antes da extração dos parafusos. Um martelo de borracha foi capaz de criar calos em meus polegares após tamanho empenho, aplicando cuidadosas pancadas na posição onde os coletores são afixados. Com a ajuda de um velho amigo, igualmente entusiasmado pela natureza do serviço, persistimos algumas vezes ainda sem sucesso até que, repentinamente, numa das últimas marteladas já desesperançosas, o cabeçote demonstrou singela oscilação vertical: JA ACONTECEU COMIGO A PRIMEIRA VEZ Q FIU TIRAR MEU CABEÇOTE usei uma talhadeire e o macaco q apoiando sobre o calço do motor q ferrou o calço q usei como apoio e nada do cabeçote sair..parecia q tinham passado vedajuntas..

vi isso num omega... com a girafa levantaram A FRENTE INTEIRA DO CARRO! TIROU AS RODAS DIANTEIRAS DO CHÃO! e o cabeçote não saia... deram umas marretadas aqui, outras ali, forçaram com talhadeias e pes de cabra, até que saiu...

e tiraran todo cabeçote e injeção, e colocaram do opala com 446!!!!!

frederico santos
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 3000
Idade : 40
Localização : Guarapari es
Modelo do carro : 1986 CUPÊ MODEL 88
Cilindros : 6CILINDROS
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por frederico santos em Sab 15 Out - 17:18:39

j ricardo escreveu:
frederico santos escreveu:
O momento de erguer o cabeçote teve princípio decepcionante - a peça não se movia um milímetro, aparentando continuar tão fixa quanto antes da extração dos parafusos. Um martelo de borracha foi capaz de criar calos em meus polegares após tamanho empenho, aplicando cuidadosas pancadas na posição onde os coletores são afixados. Com a ajuda de um velho amigo, igualmente entusiasmado pela natureza do serviço, persistimos algumas vezes ainda sem sucesso até que, repentinamente, numa das últimas marteladas já desesperançosas, o cabeçote demonstrou singela oscilação vertical: JA ACONTECEU COMIGO A PRIMEIRA VEZ Q FIU TIRAR MEU CABEÇOTE usei uma talhadeire e o macaco q apoiando sobre o calço do motor q ferrou o calço q usei como apoio e nada do cabeçote sair..parecia q tinham passado vedajuntas..

vi isso num omega... com a girafa levantaram A FRENTE INTEIRA DO CARRO! TIROU AS RODAS DIANTEIRAS DO CHÃO! e o cabeçote não saia... deram umas marretadas aqui, outras ali, forçaram com talhadeias e pes de cabra, até que saiu...

e tiraran todo cabeçote e injeção, e colocaram do opala com 446!!!!!
Fala ai primo tava trocando ideias c doido i surgiu a ideia da gente se juntar e se falar ai..essa parada é até dificil de acreditar mas parece q o cabeçote e o motor formam uma unica peça.

j ricardo
Moderadores
Moderadores

Masculino Número de Mensagens : 9351
Idade : 40
Localização : sao paulo
Modelo do carro : opala luxo 71
Cilindros : 4 cil
Data de inscrição : 17/03/2010

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por j ricardo em Sab 15 Out - 17:28:50

o doido tá com uma ideia de churrasco, que eu to gostando muito...

há algumas partes que quando enrosca...

no outro carro de um amigo( aquele que montou turbo, que sempre falo) foi a polia do virabrequim... teve que esmerilhar, porque quebro o saca polia e não saia... nem esquentando com maçarico saiu... e depois de esmerilhado, ficou marcas da esmerilhadeira na ponta do vira, e incrivelmente não desbalanceou nem prejudicou em nada o vira.... anda aspirado até hoje....

frederico santos
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 3000
Idade : 40
Localização : Guarapari es
Modelo do carro : 1986 CUPÊ MODEL 88
Cilindros : 6CILINDROS
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por frederico santos em Sab 15 Out - 17:32:13

Mas tenho q esperar minhas férias q ainda ta bem longe..quando tiver perto entro em contato com vcs..

thallisguimaraes
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 17463
Idade : 24
Localização : Goiânia-GO
Modelo do carro : Caravan 1988
Cilindros : 4.1i
Data de inscrição : 16/01/2008

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por thallisguimaraes em Sab 15 Out - 18:01:44

To gostando de ver o topico, parabens a galera ai





Nao vejo a hora de fazer isso tambem


_________________
ANTES UM SONHO, HOJE NEM DURMO

raphaelcaronti
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 8482
Idade : 23
Localização : Belo Horizonte
Modelo do carro : Opala Diplomata 1988
Renault Sandero
Opala Diplomata SE 88/89(EX)
Opala Deluxo 1970 (EX)
Caravan deluxo 1977 151 (EX)
Caravan STD 1976[EX]
Gol MI 1998[EX]
Caravan Diplomata 1987[EX]
Classic 08/09 (EX)
Opala STD 1975 (EX)



Cilindros : 4 cil 16v e 6 cil
Data de inscrição : 30/10/2008

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por raphaelcaronti em Dom 16 Out - 20:30:26

eu fiz no meu, tem até umas fotos no meu tópico
para tirar foi muitoo dificil, porque os parafusos tavam muitooo apertado, tive que comprar uma catraca fixa e ainda usar algo para fazer um cabo de força, mas saiu e saiu facil para cima, entreguei numa retifica e foi 550 reias, eles trocaram tudinho do cabeçote e original, para colocar chamei um mecanico por causa do torquimetro e a regulagem de valvula.

Müller
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 3051
Idade : 33
Localização : São Paulo - SP
Modelo do carro : 2 Caravans Comodoro 88 e 91 (4 e 6cil. respectivamente) e 1 Opala Comodoro 90 (4 cil.)
Cilindros : 14 no total!!!!
Data de inscrição : 05/01/2008

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por Müller em Sex 28 Out - 17:27:41

Dando um "up" no tópico.

Hj montei o cabeçote de volta no carro. Regulei as válvulas, liguei e deixei funcionando por uns 20 min. Reapertei os parafusos do cabeçote e regueli de novo as válvulas, agora com o motor funcionando. Deixei mais uma meia hora funcionando, liguei e desliguei várias vezes, dei uas aceleradas fortes e nada de fumaçar. Td indica q o meu problema foi resolvido.


_________________
Caravan Comodoro SL/E 88 4cil.
Caravan Comodoro SL/E 91 6cil., completa
Opala Comodoro SL/E 90 4cil.


thallisguimaraes
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 17463
Idade : 24
Localização : Goiânia-GO
Modelo do carro : Caravan 1988
Cilindros : 4.1i
Data de inscrição : 16/01/2008

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por thallisguimaraes em Sex 28 Out - 19:59:20

Müller escreveu:Dando um "up" no tópico.

Hj montei o cabeçote de volta no carro. Regulei as válvulas, liguei e deixei funcionando por uns 20 min. Reapertei os parafusos do cabeçote e regueli de novo as válvulas, agora com o motor funcionando. Deixei mais uma meia hora funcionando, liguei e desliguei várias vezes, dei uas aceleradas fortes e nada de fumaçar. Td indica q o meu problema foi resolvido.


Isso é bom hein, tomara que nao mude


_________________
ANTES UM SONHO, HOJE NEM DURMO

Cmte. Carvalho
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 45
Localização : Parnaíba, PI / João Pessoa, PB
Modelo do carro : Jeep Cj5 1978 4.1/S
Fiat Linea 2010 1.9 Absolute
Cilindros : 4 + 6 = 10 cil.
Data de inscrição : 23/01/2010

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por Cmte. Carvalho em Qui 10 Maio - 22:13:33

Prezados amigos;

Depois de longo período, venho atualizá-los quanto à minha experiência relatada neste tópico.

Os tuchos foram consideravelmente difíceis de remover, especialmente os localizados nas quatro extremidades dos dois alojamentos; Um alicate de pressão tradicional não cabe (impedido pelas paredes laterais), e assim tive de providenciar um de bico longo. Definitivamente, o truque da "chave de fenda como alavanca" não serviu para o meu caso.



Sua limpeza, conforme retratada em outros tópicos e em diversos vídeos no Youtube é demasiadamente simples, requerendo para tal apenas uma chave de fenda (remoção/inserção da presilha e auxiliar na extração do pistão interno), alicate de bico longo (mesma finalidade), solvente e flanelas. Óbvia cautela durante a remontagem, observando a sequência correta. Assim como todo o conjunto das válvulas (porcas, balancins, rótulas, as válvulas em si, as varetas, etc.), os tuchos devem retornar para as suas posições de origem - faz-se útil uma caixa de sapatos, realizando nela orifícios para cada parte a ser separada e marcações numéricas para evitar embaralhar. Após limpas, as peças podem receber marcações em si próprias com um "pincel atômico".





Parti para o processo de esmerilhamento das válvulas - também simples (pesquisem por "valve lapping"), bastando pasta de esmerilhar (geralmente vendida em dueto "fina/grossa") e "chupeta": uma haste de madeira com ventosas de tamanhos diferentes nas extremidades. O processo se resume inicialmente em espalhar a pasta grossa na face da válvula e depois inserir esta última em sua respectiva guia (como para montá-la); Então, com a ventosa (preferencialmente umedecida) que mais se adequar ao tamanho da válvula, fixa-se a chupeta e inicia-se movimentos similares àqueles utilizados na forma clássica de se acender uma fogueira por meio de atrito. Após algumas semi-rotações o ruído do processo se altera e uma maior resistência é sentida, sendo necessário subir e descer a válvula rapidamente duas ou três vezes para trazer a pasta de volta ao assento. Dependendo do estado da face, o processo terá de ser repetido e mais pasta terá de ser aplicada até se conseguir uma superfície uniforme. Atenção, pois a pasta não deverá alcançar a haste sob pena de riscar e danificar as guias de válvulas. Finaliza-se com a pasta fina.

Em virtude das altas temperaturas é quase certo de que as válvulas de exaustão requeiram maior esforço, apresentando pequenas depressões e/ou outras irregularidades que devem ser eliminadas a fim de evitar vazamentos de compressão. Há ainda a possibilidade de que o desgaste seja tamanho a ponto de não ser mais possível a recuperação por meio do esmerilhamento, o que requereria a compra de novas válvulas - estas, contudo, não dispensam o procedimento acima descrito, vez que se utilizam dele para "casarem-se" com seus respectivos assentos no cabeçote.

É de vital importância para a saúde do motor que, ao término do procedimento com todas as válvulas, todo e qualquer resíduo de pasta de esmerilhar seja eliminado do cabeçote e das válvulas; para tal pode-se usar água pressurizada, solvente, querosene, etc. Verifique e re-verifique com o auxílio de uma flanela.

Durante a limpeza/descarbonização das molas, é possível que a referência de posicionamento seja perdida, o que não gera muito transtorno: um paquímetro corretamente posicionado possibilita verificar que o lado da mola a ser instalado junto ao cabeçote possui espaçamento entre espiras menor (obtive diferença de aproximadamente 1mm).





2300h e será tudo por agora. Amanhã trarei detalhes da montagem final e primeira partida. Obrigado pela paciência na leitura e pelo compartilhamento de informações.

Forte abraço, até!

Cmte. Carvalho
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 45
Localização : Parnaíba, PI / João Pessoa, PB
Modelo do carro : Jeep Cj5 1978 4.1/S
Fiat Linea 2010 1.9 Absolute
Cilindros : 4 + 6 = 10 cil.
Data de inscrição : 23/01/2010

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por Cmte. Carvalho em Sex 11 Maio - 9:07:51

Olá novamente amigos;

Antes de continuar quero esclarecer: não sou mecânico, e também nunca fiz nenhum curso da área. A mecânica automotiva é para mim tão somente um hobby prazeroso (especialmente em motores antigos), e o (pouco) conhecimento que tenho advém de pesquisas na internet e da prestatividade de pessoas tal qual a maioria aqui presente, do "Opaleiros do Paraná"; Assim sendo, não posso de forma alguma assegurar que todos os procedimentos descritos retratam a forma correta ou adequada.

Prosseguindo, realizei a montagem das válvulas. Para tal, utilizei um grampo tipo c (popular "sargento") de 8" que serviu no limite (recomendo ao menos um de 9"), um adaptador (feito em casa de ferragens) para a compressão da mola, e uma chave de fenda.

Passa-se um pouco de óleo novo de motor (ou óleo de máquina) na haste da válvula, inserindo-a em seu respectivo guia; Coloca-se a mola (com o lado adequado junto ao cabeçote), o defletor e o prato, e em seguida comprime-se o conjunto até que o segundo sulco na haste fique visível, o qual deverá receber o retentor.

Exemplo de válvula com retentor colocado:

No cabeçote, com retentor e chavetas posicionados apenas para visualização:

Após o retentor, as chavetas são inseridas com o auxílio da chave de fenda no sulco superior da haste, de modo que a conicidade exibida fique apontada na direção do cabeçote. Um pouco de graxa pode ser útil, já que nem sempre as pecinhas colaboram em permanecer nas suas posições.

Adaptador utilizado juntamente com o "sargento" para compressão da mola:

A descompressão da mola deverá ser feita de forma cuidadosa e lenta, observando tanto o retentor como as chavetas para verificar que não saíram das suas posições. Ao final, pode-se dar uma ou duas marteladas por sobre o conjunto da válvula como um teste (retire pessoas e animais da "linha de fogo", pois caso a montagem tenha sido deficiente esteja certo de que as peças voarão).



Tonho_RS
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 827
Idade : 25
Localização : Rio Grande do Sul
Modelo do carro : Opala Especial 1972
Cilindros : 4 cil - 2500
Data de inscrição : 26/05/2011

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por Tonho_RS em Sex 18 Maio - 9:17:02

Amigo Cmte. Carvalho, gostaria de parabeniza-lo pela iniciativa do trabalho, e principalmente por tal empenho e dedicação.

Vou me intrometer em seu tópico para sanar umas dúvidas, mas creio que vai ajudar não somente a mim, mas a muitos outros.

Pois bem, pretendo retirar o cabeçote do meu Opala, mas tenho uma dúvida, para colocar ele de volta, devo passar o "machinho" na roscas do bloco e a "fêmea" nos parafusos do cabeçote? Procede?
E após devo usar cola trava rosca nos parafusos, ou basta passar óleo na rosca?

Obrigado, e desculpe invadir o tópico.

raphaelcaronti
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 8482
Idade : 23
Localização : Belo Horizonte
Modelo do carro : Opala Diplomata 1988
Renault Sandero
Opala Diplomata SE 88/89(EX)
Opala Deluxo 1970 (EX)
Caravan deluxo 1977 151 (EX)
Caravan STD 1976[EX]
Gol MI 1998[EX]
Caravan Diplomata 1987[EX]
Classic 08/09 (EX)
Opala STD 1975 (EX)



Cilindros : 4 cil 16v e 6 cil
Data de inscrição : 30/10/2008

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por raphaelcaronti em Sex 18 Maio - 21:04:11

Tonho_RS escreveu:Amigo Cmte. Carvalho, gostaria de parabeniza-lo pela iniciativa do trabalho, e principalmente por tal empenho e dedicação.

Vou me intrometer em seu tópico para sanar umas dúvidas, mas creio que vai ajudar não somente a mim, mas a muitos outros.

Pois bem, pretendo retirar o cabeçote do meu Opala, mas tenho uma dúvida, para colocar ele de volta, devo passar o "machinho" na roscas do bloco e a "fêmea" nos parafusos do cabeçote? Procede?
E após devo usar cola trava rosca nos parafusos, ou basta passar óleo na rosca?

Obrigado, e desculpe invadir o tópico.

Não foi perguntado para mim, mas
não é necessário passar nada nas roscas, nada mesmo!
e para colocar o parafuso, deve-se colocar somente óleo mesmo, nada de cola.

E vai precisar de um torquímetro para o torque certo, os parafusos tem ordem certa para tirar(isso se não for retificar, pois se for não precisar ter ordem) e para colocar também, essa é muito importante, junta boa é a Sabó, não compre outra, e na embalagem da junta tem todas as instruções certinhas, lembrando que depois deve-se torquear novamente.

Cmte. Carvalho
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 45
Localização : Parnaíba, PI / João Pessoa, PB
Modelo do carro : Jeep Cj5 1978 4.1/S
Fiat Linea 2010 1.9 Absolute
Cilindros : 4 + 6 = 10 cil.
Data de inscrição : 23/01/2010

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por Cmte. Carvalho em Sex 18 Maio - 21:42:56

Prezados amigos;

Muito obrigado Tonho_RS! Quanto às dúvidas, os conselhos dados pelo Raphael Caronti estão corretos.

Como um adendo: em muitos vídeos de mecânicos norte-americanos postados no Youtube percebo ampla utilização de "macho" (eles chamam de "thread chaser") a fim de preparar as roscas do bloco; Parafusos reutilizáveis são limpos com escova de aço (vale saber - os parafusos que usam torque somado a aperto final por ângulo não podem ser usados mais de uma vez).

Ainda é possível limpar satisfatoriamente as roscas do bloco rosqueando e desrosqueando repetidamente os próprios parafusos em seus respectivos alojamentos, aliando tal prática a algum desengripante ou descarbonizante em spray.

Nos EUA também é comum passar nas roscas dos parafusos do cabeçote um composto chamado "Anti-seize" - basicamente uma graxa com partículas metálicas que previne a corrosão, o emperramento e auxilia na aplicação precisa do torque. Infelizmente é um produto difícil de ser encontrado no nosso país, contudo pode ser importado através de algum vendedor no eBay a preço razoável (recomendo as marcas Permatex ou Loctite).

Ando um tanto ocupado; Tão logo quanto possível darei sequência ao tópico. Forte abraço, até!

t cabral
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 2
Localização : São Pedro da Aldeia -RJ
Modelo do carro : Veraneio 1988
Cilindros : 6cc
Data de inscrição : 02/11/2012

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por t cabral em Sex 2 Nov - 20:18:57

olá,troquei os anéis de segmento do meu veraneio e quando fui montar percebi q estava escorrendo óleo,pelas válvulas, para o coletor e para admissão. agora fiquei na duvida se era os anéis q estavam deixando fumaçar ou esse óleo q ta passando nas válvulas. é normal escorrer óleo por ali?,sera q isso faz o motor fumar? é tão pouco óleo q escorre! e agora vai ter q retificar?
me ajuda ai? Crying or Very sad

BANDIT
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 13534
Localização : Paraná
Cilindros : 8+6+6+6+4
Data de inscrição : 22/06/2009

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por BANDIT em Sex 2 Nov - 20:23:57

Não não é normal !!!! Não em original!

Vc tem que trocar os vedadores de valvula........são umas borrachinhas que vão na haste da valvula.....e só .

BANDIT
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 13534
Localização : Paraná
Cilindros : 8+6+6+6+4
Data de inscrição : 22/06/2009

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por BANDIT em Sex 2 Nov - 20:25:41

Olha ai no topico....a fotos do vedador


frederico santos
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 3000
Idade : 40
Localização : Guarapari es
Modelo do carro : 1986 CUPÊ MODEL 88
Cilindros : 6CILINDROS
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por frederico santos em Sex 2 Nov - 20:37:45

as minhas adaptei retentores de chevette sabó..aqui n~se acham dessas rodelinhas.quando acha n~duram muito..

Cupe1979_Potatow
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 1117
Localização : Sorocaba-SP
Data de inscrição : 30/11/2009

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por Cupe1979_Potatow em Sex 2 Nov - 21:13:39

É possivel trocar os vedador com o cabeçote montado no carro???

100
Moderadores
Moderadores

Masculino Número de Mensagens : 7771
Data de inscrição : 21/01/2008

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por 100 em Sex 2 Nov - 21:24:46

tem artista que faz isto...uns enfiam uma chave de fenda com a ponta torta p/ cima e assim,segura a válvula p/ não descer na hr de desmontar/montar a trava da mola...outros colocam mangueira com ar no buraco da vela...

mas é TUDO arte!!!

Até mais...

100

Cupe1979_Potatow
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 1117
Localização : Sorocaba-SP
Data de inscrição : 30/11/2009

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por Cupe1979_Potatow em Sab 3 Nov - 17:28:19

100 escreveu:tem artista que faz isto...uns enfiam uma chave de fenda com a ponta torta p/ cima e assim,segura a válvula p/ não descer na hr de desmontar/montar a trava da mola...outros colocam mangueira com ar no buraco da vela...

mas é TUDO arte!!!

Até mais...

100

rsrs
OKK

t cabral
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 2
Localização : São Pedro da Aldeia -RJ
Modelo do carro : Veraneio 1988
Cilindros : 6cc
Data de inscrição : 02/11/2012

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por t cabral em Sab 3 Nov - 18:00:45

vou ver se encontro essas borrachinhas por aqui, valeu pela dica!!

Conteúdo patrocinado

Re: Cabeçote: remoção, inspeção, limpeza e troca da junta

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 15:20:25


    Data/hora atual: Qua 7 Dez - 15:20:25