Opaleiros do Paraná

Conecte-se e aproveite as vantagens de ser um Membro Oficial.

Login

Esqueci minha senha

Últimos assuntos

Quem está conectado

64 usuários online :: 5 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 59 Visitantes :: 2 Motores de busca

aluzjunior, Caravan88, Douglas MRS, Pedrão B., silvamsa


[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 523 em Qua 15 Dez - 17:01:27

Produtos 101 Racing Parts

Seg 22 Abr - 17:29:39 por 101 Racing Parts

Comando de Válvulas Mecânico ISKY (USA)
CHEVROLET/GM 6cil 4.1L/250 1969-91 Opala
CHEVROLET/GM 4cil 2.5L/151 1969-91 - Carburados (tubo 6mm) Chevette, Chevy, Marajó



LINK PARA O PRODUTO
http://www.101racingparts.com/ecommerce/lista_produtos/busca%7C%7Cisk-2/1

Rafael Rodrigues
rafael@101racingparts.com
(41) 3941-4138


Filtro de Combustível de Tubo com Bico …

Top dos mais postadores

thallisguimaraes (17463)
 
tabarbosa (16851)
 
BANDIT (13534)
 
Xann (10387)
 
j ricardo (9351)
 
Jean Bida (9311)
 
Eduardo SSa (8678)
 
raphaelcaronti (8482)
 
Rubão6cc (7859)
 
100 (7771)
 

Aditivo para Gasolina.

Compartilhe

matheuskbeca
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 465
Localização : Pouso Alegre - Minas Gerais
Modelo do carro : Opala Comodoro 89/89 SL/E 4.1/S
Cilindros : 6 cilindros - 4.1
Data de inscrição : 20/10/2014

Aditivo para Gasolina.

Mensagem por matheuskbeca em Seg 16 Nov - 13:04:21

Boa tarde Galera.

Gostaria de saber se alguém já utilizou aqueles aditivos para colocar na gasolina? Da Bardahl por exemplo.
Faz diferença? Vale a pena?

É que estou curioso quanto a isso....
Lembrando que o meu carro é todo original a gasolina.....

Abraço

Sr.Bianchi
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 1961
Localização : Passo Fundo-RS
Modelo do carro : GM Opala SS 79
Bmw E36 coupé 328I
Ford F-250 4x4

Cilindros : 6+6+4
Data de inscrição : 16/02/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por Sr.Bianchi em Seg 16 Nov - 13:23:43

Eu uso o da Ac Delco. Produtinho excelente. Eficacia comprovada.

Abasteço apenas com comun e adiciono meio frasco a cada 1 tanque em média.

Esses tempos a Bmw tava com um bico fazendo barulho de sujo. Adicionei um frasco em pouco menos de meio tanque. Limpou perfeitamente. Cessou o barulho.

Esses dias a D-20 motor maxion aqui tava com problemas de ao soltar o acelerador chegava até apagar o motor. Certo que era bomba, fui num especialista em bombas. Ele sugeriu de abrir a bomba e quando perguntei do aditivo disse que provavelmente não resolveria. Resolvi tentar.
Coloquei um frasco do Bardhal para diesel no tanque com uns 20 l de diesel. Foi só andar alguns kms e dar umas puxadas; ficou 100%, funcionamento perfeito.

Aditivos de qualidade funcionam, sim.

Agora para carburado, não sei. Nunca testei. Nesse caso eu ainda iria preferir fazer mais manutenções em filtro e limpezas periódicas no carburador.

Daniel lugo
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 164
Localização : RS
Data de inscrição : 06/05/2015

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por Daniel lugo em Seg 16 Nov - 13:29:54

Acredito que um pouco ajude sim, mas não faz milagre. Trabalho com Auto Peças e vendo esse aditivo toda hora, inclusive gente que pega pela segunda ou terceira vez. Quando perguntado se funciona mesmo o pessoal fala que sim.. geralmente da uma falhadinha em retomada(carro injetado), e usando isso sana o problema. Nunca usei, mas em Opala, um carro carburado não sei se ajude muito, seria mais para prevenir uma sujeira no sistema!
ABRAÇO

matheuskbeca
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 465
Localização : Pouso Alegre - Minas Gerais
Modelo do carro : Opala Comodoro 89/89 SL/E 4.1/S
Cilindros : 6 cilindros - 4.1
Data de inscrição : 20/10/2014

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por matheuskbeca em Seg 16 Nov - 13:34:46

Opa!

Obrigado Bianchi e Daniel.

Já vou aproveitar a ida pra Jundiaí e colocar um frasco do Bardahl Top Max, ou dois fracos se pá.... tanque de 84 litros.
É mais para dar uma limpada no sistema mesmo. O famoso carro samambaia....enfeite de garagem e só sai no fds...ai já viu.

Abraço

Matheus

bruno silverstar83
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 4547
Idade : 20
Localização : Araucária-PR
Modelo do carro : Silverstar 1983
Cilindros : 6 Cilindros
4.1/S
Data de inscrição : 12/04/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por bruno silverstar83 em Seg 16 Nov - 16:01:53

Eu tambem não uso gasolina aditivada,já usei STP e o perfect clean da KOUBE,não senti diferença nos 2,mas se o projeto deles for manter o sistema de alimentação mais limpo acho que deu certo.


_________________
Opala muito mais que um carro,uma paixão.

___________________________________________________

Tópico do silverstar 83 6cil de weber 40  Twisted Evil

Refazendo o motor do silver...


PedroV9
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 562
Idade : 21
Localização : Araraquara - SP
Modelo do carro : Comodoro 81 coupé
Cilindros : 4
Data de inscrição : 30/12/2013

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por PedroV9 em Ter 17 Nov - 5:16:07

Eu tenho dúvida quanto a este: http://www.bardahl.com.br/site/imprensa.php?id=72 pois diz ter propriedades anti-corrosivas, o que em teoria seria excelente pra quem tem opala álcool... Eu tenho cagaço que o etanol acabe com meu 446, mesmo estando com o banho ainda em excelente estado.

FR1974
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 1051
Idade : 34
Localização : Araçatuba - SP
Modelo do carro : 1974
Cilindros : 6cil (em construção)
Data de inscrição : 24/08/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por FR1974 em Ter 17 Nov - 8:30:00

Nunca usei nem aditivo e nem gasolina aditivada.. ele não queima e cria uma borra pastosa nos dutos do cabeçote... fica uma mer...

Tonho_RS
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 825
Idade : 25
Localização : Rio Grande do Sul
Modelo do carro : Opala Especial 1972
Cilindros : 4 cil - 2500
Data de inscrição : 26/05/2011

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por Tonho_RS em Ter 17 Nov - 15:11:55

FR1974 escreveu:Nunca usei nem aditivo e nem gasolina aditivada.. ele não queima e cria uma borra pastosa nos dutos do cabeçote... fica uma mer...

Mas a gasolina aditivada não é justamente para manter tudo limpo devido às duas propriedades detergentes?

matheuskbeca
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 465
Localização : Pouso Alegre - Minas Gerais
Modelo do carro : Opala Comodoro 89/89 SL/E 4.1/S
Cilindros : 6 cilindros - 4.1
Data de inscrição : 20/10/2014

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por matheuskbeca em Ter 17 Nov - 17:23:00

Tonho_RS escreveu:
FR1974 escreveu:Nunca usei nem aditivo e nem gasolina aditivada.. ele não queima e cria uma borra pastosa nos dutos do cabeçote... fica uma mer...

Mas a gasolina aditivada não é justamente para manter tudo limpo devido às duas propriedades detergentes?

Só coloco aditivada por esse motivo,mas ando muito pouco...então vou fazer o teste com aditivo para ver se noto diferença.

FR1974
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 1051
Idade : 34
Localização : Araçatuba - SP
Modelo do carro : 1974
Cilindros : 6cil (em construção)
Data de inscrição : 24/08/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por FR1974 em Qui 19 Nov - 19:16:17

Tonho_RS escreveu:
Mas a gasolina aditivada não é justamente para manter tudo limpo devido às duas propriedades detergentes?

Pois é... mas nem tudo acontece como o prometido..

matheuskbeca
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 465
Localização : Pouso Alegre - Minas Gerais
Modelo do carro : Opala Comodoro 89/89 SL/E 4.1/S
Cilindros : 6 cilindros - 4.1
Data de inscrição : 20/10/2014

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por matheuskbeca em Seg 30 Nov - 6:35:49

Conforme tinha dito, usei dois frascos do Bardahl Clean Gás.
Completei o tanque com Grid Petrobrás.
Carburador regulado ( DFV446).
Rodei 435 (99%) estrada, o tanque está exatamente um risco abaixo do meio, fazendo a famosa conta de padeiro:
Tanque cheio 84 litros, metade dariam 42, cada tracinho = 10,5, portanto gastei 52,5 litros.

435 dividido por 52,5 = 8,28 km/l.
Tempo todo ar ligado.
Velocidade: Entre 100 e 120Km/h.

Para grande parte de nos que utilizamos o carro apenas no fim de semana ou algumas esticadas na estrada, acho que vale o investimento a cada 5 mil km ou uma vez ao ano.

Próximo passo agora é o tal do Militec-1.

Valeu galera


Daniel lugo
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 164
Localização : RS
Data de inscrição : 06/05/2015

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por Daniel lugo em Seg 30 Nov - 7:41:52

matheuskbeca escreveu:Conforme tinha dito, usei dois frascos do Bardahl Clean Gás.
Completei o tanque com Grid Petrobrás.
Carburador regulado ( DFV446).
Rodei 435 (99%) estrada, o tanque está exatamente um risco abaixo do meio, fazendo a famosa conta de padeiro:
Tanque cheio 84 litros, metade dariam 42, cada tracinho = 10,5, portanto gastei 52,5 litros.

435 dividido por 52,5 = 8,28 km/l.
Tempo todo ar ligado.
Velocidade: Entre 100 e 120Km/h.

Para grande parte de nos que utilizamos o carro apenas no fim de semana ou algumas esticadas na estrada, acho que vale o investimento a cada 5 mil km ou uma vez ao ano.

Próximo passo agora é o tal do Militec-1.

Valeu galera


Amigo, que bom que funcionou!

Quanto ao Militec-1, pode usar sem medo, é um produto muito bom, sei que é difícil escutar essas histórias de produtos "milagrosos", mas é realmente uma boa compra. Já usei, gostei. Já vi motores de arrancada abertos depois de algumas provas, as bronzinas praticamente sem risco algum! Fiz o teste de atrito com torquímetro e a coisa funciona.
Use o frasco de 200ml, sem substituir o nível do seu óleo, depois de uns 300-400 km, ele já dilui. Dura umas 4 trocas ainda sem precisar repor.

Afinal, um produto que o Exercito Americano usa desde a década de 80 deve ser bom né?

Antes que digam não sou vendedor autorizado não. Wink Wink

matheuskbeca
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 465
Localização : Pouso Alegre - Minas Gerais
Modelo do carro : Opala Comodoro 89/89 SL/E 4.1/S
Cilindros : 6 cilindros - 4.1
Data de inscrição : 20/10/2014

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por matheuskbeca em Seg 30 Nov - 10:56:24

Daniel lugo escreveu:
matheuskbeca escreveu:Conforme tinha dito, usei dois frascos do Bardahl Clean Gás.
Completei o tanque com Grid Petrobrás.
Carburador regulado ( DFV446).
Rodei 435 (99%) estrada, o tanque está exatamente um risco abaixo do meio, fazendo a famosa conta de padeiro:
Tanque cheio 84 litros, metade dariam 42, cada tracinho = 10,5, portanto gastei 52,5 litros.

435 dividido por 52,5 = 8,28 km/l.
Tempo todo ar ligado.
Velocidade: Entre 100 e 120Km/h.

Para grande parte de nos que utilizamos o carro apenas no fim de semana ou algumas esticadas na estrada, acho que vale o investimento a cada 5 mil km ou uma vez ao ano.

Próximo passo agora é o tal do Militec-1.

Valeu galera


Amigo, que bom que funcionou!

Quanto ao Militec-1, pode usar sem medo, é um produto muito bom, sei que é difícil escutar essas histórias de produtos "milagrosos", mas é realmente uma boa compra. Já usei, gostei. Já vi motores de arrancada abertos depois de algumas provas, as bronzinas praticamente sem risco algum! Fiz o teste de atrito com torquímetro e a coisa funciona.
 Use o frasco de 200ml, sem substituir o nível do seu óleo, depois de uns 300-400 km, ele já dilui. Dura umas 4 trocas ainda sem precisar repor.

Afinal, um produto que o Exercito Americano usa desde a década de 80 deve ser bom né?

Antes que digam não sou vendedor autorizado não. Wink Wink

Então, pelo que vi na net, parece milagre mesmo, mas todos que usaram recomendam.

Vou colocar no motor,transmissão e diferencial.


Daniel lugo
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 164
Localização : RS
Data de inscrição : 06/05/2015

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por Daniel lugo em Seg 30 Nov - 11:02:44

No diferencial já ouvi rumores que o Molykote é melhor, só não sei se isto foi baseado em algo,ou uma simples opinião. Mas pelo que vi, a forma que o Militec funciona, por ser um condicionador de metal, acho que exerce perfeitamente a função!

PODE POR BANANA VERDE TAMBÉM! lol! lol!

adpachec
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 4984
Idade : 41
Localização : Jacareí SP
Modelo do carro : GM e VW.
Cilindros : 4 + 4
Data de inscrição : 29/04/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por adpachec em Seg 30 Nov - 15:49:13

FR1974 escreveu:
Tonho_RS escreveu:
Mas a gasolina aditivada não é justamente para manter tudo limpo devido às duas propriedades detergentes?

Pois é... mas nem tudo acontece como o prometido..

Buscava meu filho todas as noites no SENAI, ia pela via Dutra.
Gasolina comum rodava de boa.
Coloquei uma noite gasolina aditivada, amarrou o carro.

O problema não é o aditivo, é que aqui no nosso país combustível não tem qualidade e vai lá saber que aditivo é este, pode ser até desinfetante e banheiro........

matheuskbeca
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 465
Localização : Pouso Alegre - Minas Gerais
Modelo do carro : Opala Comodoro 89/89 SL/E 4.1/S
Cilindros : 6 cilindros - 4.1
Data de inscrição : 20/10/2014

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por matheuskbeca em Seg 30 Nov - 16:58:44

adpachec escreveu:
FR1974 escreveu:

Pois é... mas nem tudo acontece como o prometido..

Buscava meu filho todas as noites no SENAI, ia pela via Dutra.
Gasolina comum rodava de boa.
Coloquei uma noite gasolina aditivada, amarrou o carro.

O problema não é o aditivo, é que aqui no nosso país combustível não tem qualidade e vai lá saber que aditivo é este, pode ser até desinfetante e banheiro........

Fora o tanto de alcool permitido e o "plus"...Abasteço em apenas um posto aqui da cidade, não tenho do que reclamar.Sempre aditivada desde quando comprei o carro...

gilmareu
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 383
Idade : 43
Localização : Sao Paulo SP
Modelo do carro : Opala Diplomata 89 - Preto até os dentes
Cilindros : 4.1, 6 cil
Data de inscrição : 10/06/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por gilmareu em Ter 1 Dez - 6:53:19

Para o Opalão, a álcool não coloco nada de diferente, até porque só a Shell possui alcool aditivado e não acredito nele.
De vez em quando espirro o Car80 no direto no carburador com o carro funcionando por alguns segundos.

Se estiver muito sujo meeesmo, desligo a entrada da gasolina e coloco a mangueira no garrafa pet para não sujar a garagem.
ligo o carro até o alcool do bura secar e depois encho de car80 e ligo ele de novo, vai fumaçar, falhar quase morrer mas vai dar uma bela limpada.

Quanto a gasolina e aditivos, também não acredito em milagres, do meu Fluence flex eu também limpo a borboleta com Car80 no mesmo processo, com ele ligado espirro car80 por alguns segundos, porém ultimamente tenho colocado BR Grid dando uma diferença de uns 30% de melhora no consumo!


Daniel lugo
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 164
Localização : RS
Data de inscrição : 06/05/2015

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por Daniel lugo em Ter 1 Dez - 6:58:45

gilmareu escreveu:Para o Opalão, a álcool não coloco nada de diferente, até porque só a Shell possui alcool aditivado e não acredito nele.
De vez em quando espirro o Car80 no direto no carburador com o carro funcionando por alguns segundos.

Se estiver muito sujo meeesmo, desligo a entrada da gasolina e coloco a mangueira no garrafa pet para não sujar a garagem.
ligo o carro até o alcool do bura secar e depois encho de car80 e ligo ele de novo, vai fumaçar, falhar quase morrer mas vai dar uma bela limpada.

Quanto a gasolina e aditivos, também não acredito em milagres, do meu Fluence flex eu também limpo a borboleta com Car80 no mesmo processo, com ele ligado espirro car80 por alguns segundos, porém ultimamente tenho colocado BR Grid dando uma diferença de uns 30% de melhora no consumo!


E quanto tu faz isso com Car80, tu reseta com scanner? Porquê fazendo isso tu só vai engordar a mistura e bagunçar a dinâmica da injeção. TBI se limpa desmontado, e se quiser limpar bicos tira a flauta. Carburado sim não tem problema algum, mas cuidado com o CAR80 no carro ligado! ABRAÇO

vicomodoro
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 560
Localização : Novo Hamburgo - RS
Modelo do carro : Coupe Comodoro 86/87
Cilindros : 4 cil
Data de inscrição : 29/10/2010

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por vicomodoro em Ter 1 Dez - 10:34:07

Militec uso a uns tres anos. Primeiro usava só no motor este ano passei a usar na caixa e diferencial. Recomendo, na caixa nota-se nitidamente melhora nas trocas de marcha. No diferencial achei que teria que fazer troca de rolamentos pois dava tipo um miadinho, como quando engata a ré em alguns carros, mas bem baixo o ruído. Depois de usar o Militec parou. Segundo folheto deles efeito depois de 1.000 Km. Obs. Quando coloca no motor fica um pouco acima o nível, depois de um tempo volta ao normal.

matheuskbeca
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 465
Localização : Pouso Alegre - Minas Gerais
Modelo do carro : Opala Comodoro 89/89 SL/E 4.1/S
Cilindros : 6 cilindros - 4.1
Data de inscrição : 20/10/2014

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por matheuskbeca em Ter 1 Dez - 10:39:47

vicomodoro escreveu:Militec uso a uns tres anos. Primeiro usava só no motor este ano passei a usar na caixa e diferencial. Recomendo, na caixa nota-se nitidamente melhora nas trocas de marcha. No diferencial achei que teria que fazer troca de rolamentos pois dava tipo um miadinho, como quando engata a ré em alguns carros, mas bem baixo o ruído. Depois de usar o Militec parou. Segundo folheto deles efeito depois de 1.000 Km. Obs. Quando coloca no motor fica um pouco acima o nível, depois de um tempo volta ao normal.

Só ouço falar bem do Militec.
Já esta dando os dias de trocar o óleo e já vou fazer o uso dele.


Daniel lugo
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 164
Localização : RS
Data de inscrição : 06/05/2015

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por Daniel lugo em Ter 1 Dez - 10:45:03

vicomodoro escreveu:Militec uso a uns tres anos. Primeiro usava só no motor este ano passei a usar na caixa e diferencial. Recomendo, na caixa nota-se nitidamente melhora nas trocas de marcha. No diferencial achei que teria que fazer troca de rolamentos pois dava tipo um miadinho, como quando engata a ré em alguns carros, mas bem baixo o ruído. Depois de usar o Militec parou. Segundo folheto deles efeito depois de 1.000 Km. Obs. Quando coloca no motor fica um pouco acima o nível, depois de um tempo volta ao normal.

Isso é o prazo máximo de um carro que roda em condições a baixo do normal.. carro de dia a dia dilui mais rápido!

gilmareu
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 383
Idade : 43
Localização : Sao Paulo SP
Modelo do carro : Opala Diplomata 89 - Preto até os dentes
Cilindros : 4.1, 6 cil
Data de inscrição : 10/06/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por gilmareu em Ter 1 Dez - 12:27:08

Daniel lugo escreveu:
gilmareu escreveu:Para o Opalão, a álcool não coloco nada de diferente, até porque só a Shell possui alcool aditivado e não acredito nele.
De vez em quando espirro o Car80 no direto no carburador com o carro funcionando por alguns segundos.

Se estiver muito sujo meeesmo, desligo a entrada da gasolina e coloco a mangueira no garrafa pet para não sujar a garagem.
ligo o carro até o alcool do bura secar e depois encho de car80 e ligo ele de novo, vai fumaçar, falhar quase morrer mas vai dar uma bela limpada.

Quanto a gasolina e aditivos, também não acredito em milagres, do meu Fluence flex eu também limpo a borboleta com Car80 no mesmo processo, com ele ligado espirro car80 por alguns segundos, porém ultimamente tenho colocado BR Grid dando uma diferença de uns 30% de melhora no consumo!


E quanto tu faz isso com Car80, tu reseta com scanner? Porquê fazendo isso tu só vai engordar a mistura e bagunçar a dinâmica da injeção. TBI se limpa desmontado, e se quiser limpar bicos tira a flauta. Carburado sim não tem problema algum, mas cuidado com o CAR80 no carro ligado! ABRAÇO

Boa dica! Na próxima vou desmontar para não dar problema!!! No Fluence fiz uma vez, peguei ele no começo deste ano, esguichei bastante car80 na borboleta com ele desligado, pelas frestinhas dela fechada, escorria aquele caldo preto...
Depois liguei por 1 minuto só com ele ligado, porém vou ficar esperto da próxima vez.

bruno silverstar83
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 4547
Idade : 20
Localização : Araucária-PR
Modelo do carro : Silverstar 1983
Cilindros : 6 Cilindros
4.1/S
Data de inscrição : 12/04/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por bruno silverstar83 em Ter 1 Dez - 22:45:40

vicomodoro escreveu:Militec uso a uns tres anos. Primeiro usava só no motor este ano passei a usar na caixa e diferencial. Recomendo, na caixa nota-se nitidamente melhora nas trocas de marcha. No diferencial achei que teria que fazer troca de rolamentos pois dava tipo um miadinho, como quando engata a ré em alguns carros, mas bem baixo o ruído. Depois de usar o Militec parou. Segundo folheto deles efeito depois de 1.000 Km. Obs. Quando coloca no motor fica um pouco acima o nível, depois de um tempo volta ao normal.

Eu tambem uso militec no diferencial e no cambio,no cambio o efeito que senti foi que as marchas ficaram um pouco mais leve pra entrar e a ré não faz aquele barulhão de arranhada quando engata,no diferencial não teve efeito perceptível,mas só o fato de diminuir o atrito ali já é bom demais


_________________
Opala muito mais que um carro,uma paixão.

___________________________________________________

Tópico do silverstar 83 6cil de weber 40  Twisted Evil

Refazendo o motor do silver...


Tonho_RS
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 825
Idade : 25
Localização : Rio Grande do Sul
Modelo do carro : Opala Especial 1972
Cilindros : 4 cil - 2500
Data de inscrição : 26/05/2011

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por Tonho_RS em Qui 3 Dez - 6:33:14

Uso Militec nos carros a alguns bons anos.

No Opala uso no motor, câmbio, diferencial e direção hidráulica.

Nos outros carros apenas no motor e direção hidráulica (não coloquei no câmbio por preguiça), e só não usei no ar condicionado porque precisa de uma ferramenta específica (e custa uma nota preta).

Também uso nas máquinas da empresa que tem caixas de engrenagens.

O uso do Militec tem um porém, não deve ser usado em motores cansados que possuam grandes folgas, estejam fumando, batendo, etc, pois ele cria uma película bem fina entre as peças evitando o atrito entre elas, entretanto em motores que estão nestas condições citadas essa película pode ficar muito espessa, e a consequência disso é uma diminuição na passagem de óleo entre elas, causando superaquecimento e terminando de vez com o motor.

Na minha opinião é um excelente produto, mas muitos desistem do uso quando ficam sabendo o preço (custa quase uma troca de óleo), e outros ainda dizem que "não acreditam em produtos milagrosos", até porque tu não consegue "ver" a ação dele, só vai saber que funcionou quando numa situação hipotética ficar sem óleo e o produto vai agir e não vai deixar motor trancar.

matheuskbeca
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 465
Localização : Pouso Alegre - Minas Gerais
Modelo do carro : Opala Comodoro 89/89 SL/E 4.1/S
Cilindros : 6 cilindros - 4.1
Data de inscrição : 20/10/2014

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por matheuskbeca em Qui 3 Dez - 8:23:32

Tonho_RS escreveu:Uso Militec nos carros a alguns bons anos.

No Opala uso no motor, câmbio, diferencial e direção hidráulica.

Nos outros carros apenas no motor e direção hidráulica (não coloquei no câmbio por preguiça), e só não usei no ar condicionado porque precisa de uma ferramenta específica (e custa uma nota preta).

Também uso nas máquinas da empresa que tem caixas de engrenagens.

O uso do Militec tem um porém, não deve ser usado em motores cansados que possuam grandes folgas, estejam fumando, batendo, etc, pois ele cria uma película bem fina entre as peças evitando o atrito entre elas, entretanto em motores que estão nestas condições citadas essa película pode ficar muito espessa, e a consequência disso é uma diminuição na passagem de óleo entre elas, causando superaquecimento e terminando de vez com o motor.

Na minha opinião é um excelente produto, mas muitos desistem do uso quando ficam sabendo o preço (custa quase uma troca de óleo), e outros ainda dizem que "não acreditam em produtos milagrosos", até porque tu não consegue "ver" a ação dele, só vai saber que funcionou quando numa situação hipotética ficar sem óleo e o produto vai agir e não vai deixar motor trancar.

Cheguei ao militec vendo videos, até que apareceu um cara fazendo o teste do antes e depois do uso do militec em um comodoro 6 Cil,porém, a alcool, e ouve um aumento de potencia no carro...depois disso comecei a pesquisar e só vi falar bem.
Tem os poréns, que o motor não deve está fumando,batendo...mas como meu carro ainda tem uma baixa kilometragem, vou aplicar em tudo mesmo....motor,cambio,diferencial e DH.
Assim que aplicar vou colocar os resultados aqui.
Pelo prometido, aumento de potencia e redução de no minimo 2,6%, espero com isso chegar aos 8,5km/l na estrada com o ar ligado.( Tetando os 9 km/l).Logicamente andando entre 100 e 120, e não a 80 por hora!



bruno silverstar83
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 4547
Idade : 20
Localização : Araucária-PR
Modelo do carro : Silverstar 1983
Cilindros : 6 Cilindros
4.1/S
Data de inscrição : 12/04/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por bruno silverstar83 em Qui 3 Dez - 21:43:42

Eu não acredito que tenha aumento de potência,naquele video do opala se não me engano foi 10cv de ganho,isso pra mim é impossível somente com um condicionador de metais,quem sabe 1 ou 2 cv pode ser,mais que isso eu duvido.

Uma coisa que eu fiquei em duvida,fiz o meu motor recentemente e ainda to amaciando,ao meu ver não é correto colocar o militec até fazer no minimo 1000 km,até porque esse motor quando foi feito a 5 anos atrás foi adicionado militec nos primeiros KM,e o motor com o tempo foi começando a bater(a batida acredito não ter a ver com o produto,é sim uma porquice de mecânico),e começou a fumar por ultimo,mesmo tratando o motor com militec todo esse tempo,quando eu abri o motor o virabrequim tava muito riscado,as bronzinas tambem,e as camisas então ...tinha riscos que fazia o óleo subir.Não sei se tem a ver com o produto colocado no período de amaciamento ou porquice do mecânico mesmo,mas não vou arriscar de colocar até fazer os 1000 KM

Quem quiser ver o meu tópico,antes de eu abrir o motor eu rodei uns 600 km com militec

http://www.opaleirosdoparana.com/t41172-refazendo-motor-6cil-opala-silverstarja-funcionando#680117


_________________
Opala muito mais que um carro,uma paixão.

___________________________________________________

Tópico do silverstar 83 6cil de weber 40  Twisted Evil

Refazendo o motor do silver...


Daniel lugo
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 164
Localização : RS
Data de inscrição : 06/05/2015

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por Daniel lugo em Sex 4 Dez - 7:11:29

bruno silverstar83 escreveu:Eu não acredito que tenha aumento de potência,naquele video do opala se não me engano foi 10cv de ganho,isso pra mim é impossível somente com um condicionador de metais,quem sabe 1 ou 2 cv pode ser,mais que isso eu duvido.

Uma coisa que eu fiquei em duvida,fiz o meu motor recentemente e ainda to amaciando,ao meu ver não é correto colocar o militec até fazer no minimo 1000 km,até porque esse motor quando foi feito a 5 anos atrás foi adicionado militec nos primeiros KM,e o motor com o tempo foi começando a bater(a batida acredito não ter a ver com o produto,é sim uma porquice de mecânico),e começou a fumar por ultimo,mesmo tratando o motor com militec todo esse tempo,quando eu abri o motor o virabrequim tava muito riscado,as bronzinas tambem,e as camisas então ...tinha riscos que fazia o óleo subir.Não sei se tem a ver com o produto colocado no período de amaciamento ou porquice do mecânico mesmo,mas não vou arriscar de colocar até fazer os 1000 KM

Quem quiser ver o meu tópico,antes de eu abrir o motor eu rodei uns 600 km com militec

http://www.opaleirosdoparana.com/t41172-refazendo-motor-6cil-opala-silverstarja-funcionando#680117

Amigo, conversei bastante com um representante da Militec, e perguntei justamente isto pra ele; se eu poderia ao fazer o motor usar o Militec, ele me disse que NÃO, só depois de 5 mil km´s! Mas também disse que o pessoal que monta motor forte, usa uma especie de forno pra aquecer a peça e o Militec aderir. Confesso que cientificamente não entendo bulhufas dessa teoria, mas encontro o cara em todas as etapas no Velopark. Vai enternder Question Question

matheuskbeca
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 465
Localização : Pouso Alegre - Minas Gerais
Modelo do carro : Opala Comodoro 89/89 SL/E 4.1/S
Cilindros : 6 cilindros - 4.1
Data de inscrição : 20/10/2014

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por matheuskbeca em Sex 4 Dez - 7:26:25

bruno silverstar83 escreveu:Eu não acredito que tenha aumento de potência,naquele video do opala se não me engano foi 10cv de ganho,isso pra mim é impossível somente com um condicionador de metais,quem sabe 1 ou 2 cv pode ser,mais que isso eu duvido.

Uma coisa que eu fiquei em duvida,fiz o meu motor recentemente e ainda to amaciando,ao meu ver não é correto colocar o militec até fazer no minimo 1000 km,até porque esse motor quando foi feito a 5 anos atrás foi adicionado militec nos primeiros KM,e o motor com o tempo foi começando a bater(a batida acredito não ter a ver com o produto,é sim uma porquice de mecânico),e começou a fumar por ultimo,mesmo tratando o motor com militec todo esse tempo,quando eu abri o motor o virabrequim tava muito riscado,as bronzinas tambem,e as camisas então ...tinha riscos que fazia o óleo subir.Não sei se tem a ver com o produto colocado no período de amaciamento ou porquice do mecânico mesmo,mas não vou arriscar de colocar até fazer os 1000 KM

Quem quiser ver o meu tópico,antes de eu abrir o motor eu rodei uns 600 km com militec

http://www.opaleirosdoparana.com/t41172-refazendo-motor-6cil-opala-silverstarja-funcionando#680117

Bom dia.

É exatamente esse vídeo que eu vi...também achei 10cv muita coisa, e por isso comecei a pesquisar sobre o produto.
O problema é que na cidade que moro não tem dinamômetro para comprovar, então só se realmente for um aumento muito grande a ponto de sentir no “pendal”...
Vou fazer isso lá pelo dia 17 e acho que em uns 15 a 20 dias (não rodo muito) já deve dar para o produto fazer o efeito.



Polento
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 11
Idade : 29
Localização : Sananduva-RS
Modelo do carro : que carro? ahahhahah
Data de inscrição : 11/08/2015

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por Polento em Sex 4 Dez - 10:00:21

Aditivo pra gasolina não existe a venda pq a ptbras tem o monopólio, esses a venda é ''snake oil'' como dizem os americanos.
Claro q existe a podium pra isso.
Mas tem alternativa caso vc viva na pqp onde não tem podium.
Vc pode tentar achar avgas e diluir na gasosa, vai deixar a mistura mais rica pq não tem alcool.
Vc pode usar tolueno, só compra quem é pesquisador ou pessoa jurídica, custa de 100ml 180 dilma$, eu acho meio caro.... affraid
Tenta achar avgás, tenta comprar de um cara q pulverize com avião na tua cidade, ou então faça uma viagem a uma cidade maior e acha de comprar -aeroclube, clube de carro antigo, etc..


Sr.Bianchi
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 1961
Localização : Passo Fundo-RS
Modelo do carro : GM Opala SS 79
Bmw E36 coupé 328I
Ford F-250 4x4

Cilindros : 6+6+4
Data de inscrição : 16/02/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por Sr.Bianchi em Sex 4 Dez - 11:46:26

Polento escreveu:      Aditivo pra gasolina não existe a venda pq a ptbras tem o monopólio, esses a venda é ''snake oil'' como  dizem os americanos.
    Claro q existe a podium pra isso.
    Mas tem alternativa caso vc viva na pqp onde não tem podium.
   Vc pode tentar achar avgas e diluir na gasosa, vai deixar a mistura mais rica pq não tem alcool.
   Vc pode usar tolueno, só compra quem é pesquisador ou pessoa jurídica, custa de 100ml 180 dilma$,  eu acho meio caro.... affraid
    Tenta achar avgás, tenta comprar de um cara  q pulverize com avião na tua cidade, ou então faça uma viagem a uma cidade  maior e acha de comprar -aeroclube, clube de carro antigo, etc..
   
   

Porque cargas d'água usaria-se avgas se o motor não é acertado pra isso? Vai ficar pior que gasolina comum...

Podium também tem ethanol na composição (25% segundo a Petrobrás).

Vocês tão tudo muito louco, assistindo demais o noticiário. Nem tudo é "enrabamento de mercado". Aditivos funcionam, sim (pelo menos os que usei). Como citei lá em cima, em mais de um caso comprovei a eficácia desses produtos.

Molycote é bom também. certa vez, botei um sachezinho dele + óleo 140 num diferencial. Reduziu bastante o ronco dele ( )

FR1974
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 1051
Idade : 34
Localização : Araçatuba - SP
Modelo do carro : 1974
Cilindros : 6cil (em construção)
Data de inscrição : 24/08/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por FR1974 em Sex 4 Dez - 20:50:31

bruno silverstar83 escreveu:Eu não acredito que tenha aumento de potência,naquele video do opala se não me engano foi 10cv de ganho,isso pra mim é impossível somente com um condicionador de metais,quem sabe 1 ou 2 cv pode ser,mais que isso eu duvido.

Uma coisa que eu fiquei em duvida,fiz o meu motor recentemente e ainda to amaciando,ao meu ver não é correto colocar o militec até fazer no minimo 1000 km,até porque esse motor quando foi feito a 5 anos atrás foi adicionado militec nos primeiros KM,e o motor com o tempo foi começando a bater(a batida acredito não ter a ver com o produto,é sim uma porquice de mecânico),e começou a fumar por ultimo,mesmo tratando o motor com militec todo esse tempo,quando eu abri o motor o virabrequim tava muito riscado,as bronzinas tambem,e as camisas então ...tinha riscos que fazia o óleo subir.Não sei se tem a ver com o produto colocado no período de amaciamento ou porquice do mecânico mesmo,mas não vou arriscar de colocar até fazer os 1000 KM

É isso mesmo Bruno... o óleo dos primeiros 1000 km é descartável!
Creio que o militec seria viável depois dos 5 mil km mesmo

adpachec
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 4984
Idade : 41
Localização : Jacareí SP
Modelo do carro : GM e VW.
Cilindros : 4 + 4
Data de inscrição : 29/04/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por adpachec em Sab 5 Dez - 7:36:34

http://bestcars.uol.com.br/ct/gasolina.htm

A gasolina aditivada é praticamente um consenso entre os fabricantes. A Fiat recomenda gasolina comum, mas não condena a aditivada em seus manuais do proprietário. Já a GM recomenda claramente a aditivada, mesmo na tampa do bocal de abastecimento.

Fornecida às companhias distribuidoras como gasolina comum, sem aditivos, cada empresa desenvolveu sua fórmula para aditivá-la, composta basicamente por um aditivo detergente (para promover a limpeza do tanque e de todo o sistema de alimentação, até as válvulas de admissão do motor) e por um dispersante (para conduzir os resíduos até a câmara de combustão, o que evita entupimentos). Essa limpeza evita a formação de carbonização, mantém limpos os bicos injetores do sistema de injeção e, com isso, permite espaçar os intervalos de manutenção e regulagem do motor.

Quando ela foi lançada, no início da década, houve alguns problemas com veículos que usaram gasolina comum durante anos. Motores muito carbonizados e tanques de combustível com grande quantidade de resíduos resultaram em falhas, desregulagens e até entupimentos. Também exigiram manutenção os velhos carburadores, em que a "goma" formada com o tempo pela gasolina comum estreitava as passagens de combustível. Com a poderosa limpeza promovida pela aditivada, essas passagens se alargaram e os motores desregularam. Hoje, contudo, pode-se -- e deve-se -- utilizar a aditivada sem riscos. Seu custo é pouco maior que o da comum e as vantagens que ela traz com certeza o compensam.

Alguns usuários, no entanto, optam pela gasolina comum com aditivos de limpeza vendidos à parte, nacionais e importados. O efeito é o mesmo e sua proporção deve seguir as indicações do fabricante do aditivo. A vantagem é um controle efetivo da aditivação, sem o risco de fraude existente nos postos. Não confundi-los, porém, com os octane-boosters, aditivos para aumento de octanagem cujo efeito se assemelha ao do uso de gasolina Premium. Estes só devem ser adotados em modelos importados com alta taxa de compressão, em geral os trazidos diretamente do exterior sem adaptação ao combustível nacional pelo importador.


http://www.forumharley.com.br/index.php?topic=5198.0

Oi Gente
Ontem estive fazendo uma perícia dentro da VW do Brasil. Estive em um departamento que o pessoal avalia modificações em alguns produtos da linha VW. Lá, me mostraram um produto que a VW aprovou para uso em veículos a GASOLINA (NÃO ÁLCOOL). Este produto é o AG2000 ( e hoje leva o logotipo VW) que é vendido nas revenda VW. Segundo informações do pessoal que desmontou os motores e analisou diversos produtos (aditivos), entre muitos o que é conhecido como AG2000, foi sem dúvidas o melhor, limpando todo o motor por dentro. Eles lá me falaram enfaticamente para não usar com o álcool. Eu acabei de comprar o produto e tão logo chege vou usar. Fica ai a recomendação, de quem viu e analizou diversos motores comparado diversos aditivos para gasolina do motor. Aditivos existem muitos, porém as pessoas só ouvem falar que é bom ou ruim, mas muitas sem base de testes. Neste caso a referência é ótima, ja que falei com quem desmontou os motores. Podem apostar, acerdito ser uma ótima dica.



http://quatrorodas.abril.com.br/autoservico/reportagens/overdose-alcool-617827.shtml

OVERDOSE DE ÁLCOOL

SE O SEU CARRO SÓ BEBE ÁLCOOL, QUEM PODE TER DOR DE CABEÇA É VOCÊ

POR ARTHUR GOMES ROSSETI


"Aqui no posto há vários motoristas que fazem rabo-de-galo. Mandam encher com álcool, mas colocam de 20% a 30% de gasolina. E não é para aumentar a autonomia. É para fazer o motor durar mais, mesmo.” A frase do frentista João Soares, que trabalha num posto de combustível de grande movimento de São Paulo, revela uma lenda que cresce a cada dia entre os proprietários de carros flex. Mas será que é verdade que um veículo bicombustível rodando só com etanol pode ter problemas mais cedo que aquele que só usa gasolina?

Diante desse cenário, fomos atrás de montadoras, engenheiros mecânicos, distribuidoras de combustível e mecânicos independentes para saber qual é a dose de mito e realidade que há nessa lenda. Em princípio, não existe um padrão ou fórmula a ser seguida, mas na maioria das conversas ficou claro que o uso exclusivo de álcool costuma acarretar problemas específicos que podem reduzir a vida útil do motor.

O principal efeito negativo do uso prolongado do etanol é o baixo índice de lubricidade que tem esse combustível. O termo é usado para exemplificar a capacidade lubrificante do combustível. “Pela lei, o álcool hidratado poderá ter um percentual de até 7% de água em sua composição, o que é normal”, afirma o engenheiro mecânico Julio Roberto Santos Bicalho, consultor da Petrobras.

Dessa maneira, algumas das peças vitais ao funcionamento do motor, como válvulas, sedes de válvulas, guias e anéis de segmento, poderão ter menor vida útil em comparação a um motor que consuma apenas gasolina, que também possui até 25% de álcool em sua composição, porém isento de água por ser do tipo anidro. Na prática, essas peças que entram em contato com o combustível trabalharão com um nível de atrito ligeiramente maior. “Se o motor foi projetado para rodar 300 000 km, pode ser que ele dure 15% menos”, diz Bicalho. Ou seja, pode durar em torno de 250 000 km.

Aditivo na fórmula
Vale ressaltar que os componentes do motor também poderão apresentar desgaste ou falta de vedação sob o uso de gasolina por causa do acúmulo de impurezas sólidas, características da queima desse combustível.

O técnico automotivo e proprietário da oficina Vicam, Amauri Cebrian Gimenes, comenta que, devido à utilização de álcool, o óleo do motor poderá ficar contaminado com pequenas gotículas de água, principalmente os que rodam por curtos trajetos, durante a fase de aquecimento. “Para que esse motor permaneça saudável, é aconselhável que seja escolhido um óleo de última geração recomendado pelo fabricante, ou até mesmo os específicos para motores flex, que possuem em sua formulação aditivos que já preveem essa situação e poderão melhorar os índices de lubricidade”, diz Gimenes.

Foi justamente para combater esse efeito que a Shell lançou este ano sua versão de álcool aditivado. “A formulação do Etanol Aditivado V-Power foi desenvolvida com a intenção de eliminar as deficiências lubrificantes perante a gasolina, com um pacote de aditivos que favorecem a limpeza dos componentes com os quais entra em contato, garantindo maiores índices de lubricidade”, diz o engenheiro-chefe da Shell, Gilberto Pose.

Segundo a empresa, o consumo também poderá apresentar ligeira melhoria, pois o menor atrito interno resultará em maior entrega de potência e menor “aspereza” durante as acelerações mais fortes, que é característico dos motores flex quando estão 100% abastecidos com álcool.

Drinque batizado
Outro fator que poderá colaborar para a aceleração do desgaste interno dos motores flex é o abastecimento com álcool batizado. Quando há a adulteração, muitas vezes é feita a simples adição de água de torneira, rica em minerais e cloro, que depois de queimados poderão agredir anéis, cilindros, sedes e guias de válvulas, bicos injetores, catalisador, ou até mesmo entupir bomba de combustível, filtro, entre outros.

É por isso tudo que boa parte dos mecânicos e engenheiros recomenda a ciclagem do combustível, ou seja, alternar o abastecimento entre etanol e gasolina. A Ford é uma das que apoiam essa prática. “Os manuais do proprietário da marca não obrigam, porém recomendam o abastecimento com gasolina a cada 5 000 km ou três meses”, diz o supervisor de serviços técnicos Reinaldo Nascimbeni. “Devido às condições de uso de alguns proprietários, como a utilização em percursos curtos, sem que o motor atinja a temperatura normal de trabalho, poderá ocorrer a formação de pequenos depósitos nas válvulas de admissão, que serão removidos imediatamente com a utilização da gasolina. A utilização é recomendada como condição preventiva, evitando o acúmulo do depósito nas válvulas, caso essa condição extrema de uso seja mantida ao longo da vida do veículo.”

Consultadas, Chevrolet, Citroën, Fiat e Honda não fizeram menção à ciclagem do combustível após determinado período sob uso do álcool, ficando a critério do proprietário do veículo a livre opção de escolha. Mas alguns engenheiros dizem que as fábricas não gostam de recomendar oficialmente a ciclagem, pois poderia ser interpretado como uma limitação ou problema do motor flex.

Uma boa maneira para fazer a ciclagem é abastecer o tanque com gasolina após três de álcool. Mas atenção: fazer o rabo-de-galo não é tão benéfico como fazer a ciclagem. “Recomendo que se faça a ciclagem dos tanques. Em conversas com engenheiros da Magneti Marelli e da Bosch, eles explicam que seus testes revelam que um bico injetor dura menos quando trabalha com o rabo-de-galo que com um dos combustíveis puros”, diz o engenheiro mecânico Paulo Pedro Bueno Aguiar Jr., proprietário da oficina Engin.

“Recomendo também que o filtro de combustível seja trocado preventivamente a cada 10 000 km. Tenho recebido vários veículos com a peça entupida com uma espécie de goma criada pelo álcool, antes mesmo do prazo recomendado pelo manual. Com a ciclagem, a gasolina irá dissolver essa goma, que também costuma ficar acumulada no tanque, melhorando a limpeza das vias de alimentação de combustível”, diz Aguiar.




INJEÇÃO NA ESCOLA

Poucos sabem, mas um veículo flex, logo após ser abastecido, precisa rodar um determinado tempo e quilometragem para “aprender” qual combustível foi colocado no tanque. Oficialmente, algumas montadoras afirmam não ser necessário o aprendizado. Na prática, o módulo de controle poderá demorar a identificar e adotar a melhor estratégia de funcionamento caso o motor seja desligado logo após o abastecimento, prática comum de quem costuma encher o tanque momentos antes de chegar em casa. Vejamos o exemplo de um veículo que tinha 100% de álcool no tanque e foi abastecido com 100% de gasolina. Como o álcool tem menor poder calorífico, o módulo ordena que os bicos pulverizem maior quantidade de combustível, para compensar também a taxa de compressão menor que a ideal, se comparada à de um motor dedicado apenas ao etanol. No motor flex, a taxa gira em torno de 10:1 até 12,5:1, que nada mais é que um meio-termo para os dois combustíveis. Logo após sair do posto com o tanque cheio de gasolina, o módulo reconhece que houve o abastecimento devido à subida do ponteiro no painel (quando superior a 7 litros). Mesmo assim, ele ainda continuará a trabalhar por um tempo na estratégia do álcool, com o excesso de gasolina sendo pulverizado na câmara. “O percurso de 10 minutos ou 20 km rodados é suficiente para que o módulo aprenda qual combustível está sendo injetado e passe a utilizar a estratégia correta de injeção”, diz o engenheiro Paulo Pedro Bueno Aguiar Jr.

Daniel lugo
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 164
Localização : RS
Data de inscrição : 06/05/2015

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por Daniel lugo em Sab 5 Dez - 8:38:34

Excelente reposta adpachec, uma contribuição assim justifica o dia a dia neste fórum!

Parabéns!

Jean Michel Colet
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 2842
Localização : Maringá - PR
Modelo do carro : Comodoro 87 Cupê - 6 Cil Aspirado

Chevette 89 SL - Aspirado
Cilindros : Comodoro 6 Cil e o Chevette 4 Cil
Data de inscrição : 25/08/2009

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por Jean Michel Colet em Sab 5 Dez - 9:37:30

Os aditivos da STP são bons.... Em postos não são nada baratos.... em média 30,00 reais..

Normalmente tratam 50 L

Eu uso o flex no etanol ...

Têm cheiro de álcool com thinner...

Os perfect clean da koube é porreta, usei no celta soltou o carro, recomendo.

Polento
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 11
Idade : 29
Localização : Sananduva-RS
Modelo do carro : que carro? ahahhahah
Data de inscrição : 11/08/2015

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por Polento em Sab 5 Dez - 13:16:13

''Porque cargas d'água usaria-se avgas se o motor não é acertado pra isso? Vai ficar pior que gasolina comum..." quote

Também não sei se avgas é miscível na gasolina comum, teria q botar num litro e ver se elas se misturam ou se separam depois de um tempo.

O q eu quis dizer é q se vc misturar avgas na gasolina comum que está acertada para não ser rica nem pobre (estequiométrica), o avgás (q não tem alcool) vai enriquecer a mistura , veja:

14,7:1 = mistura gasolina pura.
9:1 = alcool puro.
13:3 =  regulagem do carburador com 22% de alcool (fonte internet).

Dizendo q o seu carro esteja com carburador regulado pra 13:3, se vc misturar avgas (que usaria regulagem 14,7:1 pra ela pura), vc vai estar enriquecendo a mistura ar\combustível, somando ainda a octanagem maior, vc deve aumentar a potencia. Não dá pra adicionar muito, só o suficiente pra ficar segundo a imagem abaixo:

https://en.wikipedia.org/wiki/File:Ideal-stoichiometry.jpg

Essa imagem é pra gasolina pura.


Desculpa se fui chato ou ofendi alguém

tcheco 8687
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 3665
Idade : 56
Localização : parana
Modelo do carro : coupe diplomata 8687
Cilindros : 4cc , melhorado.......
Data de inscrição : 04/07/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por tcheco 8687 em Sab 5 Dez - 13:53:13

EXELENTE POSTAGEM ADPACHEC.

adpachec
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 4984
Idade : 41
Localização : Jacareí SP
Modelo do carro : GM e VW.
Cilindros : 4 + 4
Data de inscrição : 29/04/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por adpachec em Sab 5 Dez - 16:57:08

Daniel lugo escreveu:Excelente reposta adpachec, uma contribuição assim justifica o dia a dia neste fórum!

Parabéns!

tcheco 8687 escreveu:EXELENTE POSTAGEM ADPACHEC.

Obrigado.

OKK

Sr.Bianchi
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 1961
Localização : Passo Fundo-RS
Modelo do carro : GM Opala SS 79
Bmw E36 coupé 328I
Ford F-250 4x4

Cilindros : 6+6+4
Data de inscrição : 16/02/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por Sr.Bianchi em Sab 5 Dez - 17:15:12

Polento escreveu:''Porque cargas d'água usaria-se avgas se o motor não é acertado pra isso? Vai ficar pior que gasolina comum..." quote

Também não sei se avgas é miscível na gasolina comum, teria q botar num litro e ver se elas se misturam ou se separam depois de um tempo.

O q eu quis dizer é q se vc misturar avgas na gasolina comum que está acertada para não ser rica nem pobre (estequiométrica), o avgás (q não tem alcool) vai enriquecer a mistura , veja:

14,7:1 = mistura gasolina pura.
9:1 = alcool puro.
13:3 =  regulagem do carburador com 22% de alcool (fonte internet).

Dizendo q o seu carro esteja com carburador regulado pra 13:3, se vc misturar avgas (que usaria regulagem 14,7:1 pra ela pura), vc vai estar enriquecendo a mistura ar\combustível, somando ainda a octanagem maior, vc deve aumentar a potencia. Não dá pra adicionar muito, só o suficiente pra ficar segundo a imagem abaixo:

https://en.wikipedia.org/wiki/File:Ideal-stoichiometry.jpg

Essa imagem é pra gasolina pura.


Desculpa se fui chato ou ofendi alguém


Não, nada disso, cara...nem chato e muito menos ofensivo.

O pessoal um tempo atrás, colocava avgas nos carros.
Sei da história de um rico empresario (e hoje mais sujo que pau de galinheiro - mas essa fica pra outra) que colocava gasolina de avião no tanque da Bmw dele.

Só que nessa época a informação no Brasil era luxo pra poucos - aparentemente mais até que um carro de luxo.

Enfim, ta um pouco confuso essa linha de pensamento, ao menos o meu entendimento.

Funciona assim: motores a gasolina naturalmente aspirados tem mistura estequiométrica em 14,7 partes de ar para 1 de combustível (gasolina).
Porém, não é nessa proporção que ele produz mais potência.
14,7:1 ou lambda = 1.00 é ideal para lenta e baixa carga. Para aceleração em carga plena, para máxima potência essa proporção deverá em geral ser de 11,5 a 13,0:1. Isso em se tratando de gasolina.
Assim como o álcool, metanol etc, o avgas vai ter outra mistura estequiométrica.

A vantagem real do uso de um combustível de maior octanagem é a possibilidade de se utilizar maior taxa de compressão, maior pressão em caso de sobrealimentação, ponto de ignição mais avançado em especial pela característica de maior tolerância a detonação.

Por isso que acho besteira pagar um absurdo por podium. Isso só valeria a pena se o carro fosse somente, sempre abastecido com esse combustível e tivesse acerto dos mapas de injeção baseado nesse combustível.

---------------------------------

Excelente postagem Adpachec OKK

adpachec
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 4984
Idade : 41
Localização : Jacareí SP
Modelo do carro : GM e VW.
Cilindros : 4 + 4
Data de inscrição : 29/04/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por adpachec em Dom 6 Dez - 10:09:11

Sr.Bianchi escreveu:

Excelente postagem Adpachec OKK

OKK

adpachec
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 4984
Idade : 41
Localização : Jacareí SP
Modelo do carro : GM e VW.
Cilindros : 4 + 4
Data de inscrição : 29/04/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por adpachec em Dom 6 Dez - 10:22:58



Já trabalhei em aviação.
Em manutenção de tanques de asa era cheio de cuidados e um dia quase fui pro céu por causa de descarga eletrostática na raiz da asa.

Estava sentado dentro da raiz da asa (macacão Tyvec branco, óculos vedados, botas e luvas) só vi um clarão pelo vapor dentro da asa, sorte que foi só isto.

Uma outra pessoa caiu da plataforma e se machucou.


Avgás é mais corrosivo e cuidado com as mangueiras.
E contém Chumbo.

A cara e perigosa Gasolina de Aviação
A gasolina de aviação é o principal combustível dos motores a pistão usados em aviões. Além do nome, tem pouco em comum com a gasolina utilizada em carros e motocicletas, pois tem várias características especiais para melhor desempenho e segurança dos motores aeronáuticos.
A gasolina de aviação é um líquido volátil, que apresenta muito baixo ponto de fulgor, sendo portanto muito inflamável nas temperaturas normais de operação. Seu manuseio deve ser cercado de cuidados para evitar acidentes, como incêndios e envenenamentos.

Como as demais gasolinas, a gasolina de aviação, também denominada AVGAS, é composta de uma mistura de hidrocarbonetos saturados, que possuem a desejada propriedade de serem pouco reativos, dificilmente reagindo quimicamente com outros produtos. Essa propriedade é útil, pois evita a degradação do produto e permite o armazenamento seguro por longos períodos de tempo. As moléculas desses hidrocarbonetos possuem de 5 a 10 átomos de carbono cada uma e que destilam entre 30 e 170ºC. A produção de gasolina de aviação é rigidamente controlada para ficar nessas especificações.
A gasolina de aviação é menos volátil que a gasolina automotiva, para evitar a formação de vapor nas tubulações (o que pode levar a parada do motor), especialmente em condições de grande altitude e consequente baixa pressão atmosférica.

O poder calorífico da gasolina de aviação de 100 octanas é de cerca de 11.400 calorias por grama, praticamente igual ao poder calorífico da gasolina automotiva sem adição de álcool (o álcool etílico hidratado possui poder calorífico de 7.100 calorias por grama).

A AVGAS deve possuir grande estabilidade química e alto poder antidetonante. A estabilidade química é melhorada com aditivos anti-oxidantes, que evitam a polimerização e a precipitação de componentes. A polimerização é muito comum em gasolinas automotivas e formam borras gelatinosas nos tanques e componentes do sistema de combustível. Outros aditivos são utilizados como dispersantes, detergentes, anti-corrosivos e para evitar acúmulo de cargas eletrostáticas. Um corante é usado para identificar cada tipo de gasolina e evitar erros no abastecimento.

As gasolinas são identificadas por corantes artificiais, e cada cor identifica um produto em especial. O corante verde identificava a gasolina padrão de 100 octanas (também conhecida por gasolina 100/130, o corante vermelho identificava a gasolina de aviação de 80 octanas e o corante violeta a gasolina de 115 octanas. Atualmente, a única gasolina de aviação oferecida no mercado é a gasolina azul, que identifica a gasolina de 100 octanas de baixo teor de chumbo, também chamada AVGAS 100LL (de Low Lead - baixo chumbo). O corante azul utilizado é o Azul de Metileno.

Antigamente, a gasolina 115/145 era utilizada em alguns poucos (e problemáticos) motores, especialmente os Wright R-3350 Turbo Compound, empregados nos Lockheed Super Constellation e Douglas DC-7. Nos Estados Unidos, pequenas quantidades desse caro combustível ainda são oferecidas para abastecer alguns aviões antigos, com grandes motores a pístão, como os Republic P-47, os North American P-51 e os Lockheed P-38, entre outros. No Brasil, não é utilizada há mais de 40 anos.

A capacidade antidetonante da AVGAS é garantida por um aditivo especial, o chumbo tetraetila. Esse aditivo é proibido para uso em gasolinas automotivas no Brasil, e em seu lugar é usado o álcool etílico na proporção de aproximadamente 25 por cento. A detonação é a queima espontânea e instantânea do combustível, antes da vela fornecer a faísca, o que prejudica o desempenho e pode até mesmo destruir o motor.

Na verdade, o chumbo tetraetila nunca é usado sozinho, mas sim como componente de um aditivo antidetonante bem mais complexo, o chamado Etil-fluido. O Etil fluido é composto de chumbo tetraetila (61,45%), brometo de etileno (17,85%), cloreto de etileno (18,80%) e produtos inertes e corantes (1,9%). O composto possui cor avermelhada e o chumbo tetraetila é o componente antidetonante, enquanto que os brometo e cloreto de etileno destinam-se a formar compostos voláteis de chumbo (brometo e cloreto de chumbo), o que facilita sua eliminação junto com os gases de escapamento.

De fato, se fosse usado apenas o chumbo tetraetila, haveria a formação de grandes quantidades de chumbo metálico no motor e em todo o sistema de escapamento. Entre as consequências nocivas disso estão a incrustração de chumbo nas velas, aterrando-as e fazendo-as falhar, acúmulo de chumbo nas sedes das válvulas, causando falha de compressão e acúmulo entre os anéis e suas ranhuras-sede no pistão, também causando falha de compressão.

Não se deve utilizar gasolina de aviação em motores automotivos. Para começar, o uso é ilegal, por motivos ambientais. Outro problema é que os catalisadores dos carros modernos prejudicam a reação que forma os cloretos e brometos de chumbo, e o metal puro acumula-se nas células cerâmicas do catalisador, provocando danos irreversíveis e entupimentos, causando perda brutal de potência. Se não fosse proibido, o uso da AVGAS em motores antigos, sem catalisador, é até benéfico, inclusive melhorando a lubrificação das guias de válvulas, além do óbvio benefício do poder antidetonante.

É importante saber que a AVGAS é um composto altamente venenoso. Além da toxidade normal dos hidrocarbonetos leves, o chumbo pode provocar uma intoxicação chamada saturnismo, ou plumbismo, cujos efeitos são nefastos, causando falência renal e hepática, problemas neurológicos e cerebrais, incluindo demência e vários outros efeitos, podendo causar inclusive a morte. Devido à essa toxidade, deve-se evitar inalar a AVGAS e os gases de escapamento dos motores de avião, e nunca se deve utilizar a AVGAS com produto de limpeza, pois o chumbo pode penetrar pela pele ou ser inalado facilmente. O manuseio deve ser sempre extremamente cuidadoso, não só por motivos de saúde, mas também pelo alto risco de incêndio.

O abastecimento de AVGAS deve ser cercado de cuidados, ser feito sempre em lugares abertos e aterrando-se a aeronave ao veículo abastecedor para evitar faíscas provocadas pela eletricidade estática. Nunca se deve encher o tanque até o bocal, já que a gasolina se expande muito quando exposta ao calor, podendo provocar perdas de combustível pelo respiro do tanque, se a aeronave ficar exposta ao sol ou a altas temperaturas.

A AVGAS brasileira é produzida em sua quase totalidade na Refinaria Presidente Bernardes (RPBC), localizada em Cubatão/SP. Existe pressão das autoridades ambientais para se eliminar totalmente o chumbo da gasolina da aviação, o que não foi feito até agora porque ainda não se encontrou um substituto eficiente e barato à altura e que possa ser certificado pelas autoridades aeronáuticas. Muitos motores no Brasil já funcionam com álcool etílico hidratado e há uma clara tendência mundial de se substituir os motores de aviação ciclo Otto por motores ciclo Diesel, de dois ou quatro tempos, mas que consumiriam, por motivos práticos, o querosene de aviação atualmente utilizado pelos motores a reação.

http://culturaaeronautica.blogspot.com.br/2010/02/cara-e-perigosa-gasolina-de-aviacao.html


Em conversas com os fãs de carros das antigas — seu pai, seu avô ou alguém na faixa dos 50 ou 60 anos — é comum ouvir histórias sobre carros envenenados que só rodavam com a famosa “gasolina azul de avião”. Nessas histórias ela parece a versão automotiva da poção mágica do Asterix: o carro arranca melhor, viaja em altas velocidades e ganha disputas improváveis.

Na verdade, a gasolina azul não era exatamente uma gasolina de avião, e sim uma gasolina de maior octanagem que a amarela — algo como comum e premium atualmente, porém com octanagem menor. A relação com os aviões tem origem no fato de a gasolina de aviação (avgas) ainda usar chumbo tetraetila como anti-detonante e também usar corante azul para sua identificação, enquanto a gasolina automotiva substituiu o metal por etanol e usar corante amarelo — incluindo as de maior octanagem.

Essa substituição ocorreu por dois motivos fundamentais: o primeiro é que o chumbo é potencialmente cancerígeno, e o segundo é que por ser um metal pesado, o chumbo compromete alguns componentes modernos dos motores como os catalisadores.

http://www.flatout.com.br/gasolina-azul-avgas-e-querosene-posso-usar-combustivel-de-aviao-no-meu-carro/

Octanas do Avgás:



http://rsbals.weebly.com/combustiacuteveis.html


OKK

tcheco 8687
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 3665
Idade : 56
Localização : parana
Modelo do carro : coupe diplomata 8687
Cilindros : 4cc , melhorado.......
Data de inscrição : 04/07/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por tcheco 8687 em Dom 6 Dez - 11:24:31

Adpachec:

essa seria a gasolina "verde", que anteriormente chamavamos?

Nos colocavamos comprando no Campo de Marte SP, nos carros .

adpachec
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 4984
Idade : 41
Localização : Jacareí SP
Modelo do carro : GM e VW.
Cilindros : 4 + 4
Data de inscrição : 29/04/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por adpachec em Dom 6 Dez - 13:03:13

tcheco 8687 escreveu:Adpachec:

essa seria a gasolina "verde", que anteriormente chamavamos?

Nos colocavamos comprando no Campo de Marte SP, nos carros .

Sim.

A azul é igual a verde e a classificação de 100 ll (azul) é "Low Lead" (Baixo teor de Chumbo).



A vermelha, verde e azul possuem octanagem próximas da gasolina e álcool dos carros.
Mas usam chumbo e são mais tóxicas.

OKK

Polento
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 11
Idade : 29
Localização : Sananduva-RS
Modelo do carro : que carro? ahahhahah
Data de inscrição : 11/08/2015

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por Polento em Dom 6 Dez - 16:44:12

http://members.rennlist.com/951_racerx/OctaneBoosterComparison.html

Avgas é totalmente miscível com gasolina e a mistura estequiométrica é 14,5:1 - quase igual gasolina pura.

Eu também vi um video do david vizard onde ele diz q todo aumentador de octanagem é MUITO TÓXICO, se não for , não é bom.
       
         Tolueno, comercialmente toluol, tem aquele negócio "saudável" de cola de sapateiro, não dá pra respirar ou , além de ser solvente pra tudo (octanagem 114 RON).
        http://sc.olx.com.br/norte-de-santa-catarina/industria-comercio-e-agro/toluol-e-xilol-87316625
        http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-714826414-toluol-tolueno-1-litro-_JM
       Só não sei se esse toluol é o mesmo q o gringo, eles usam isso em aeromodelo.  



        Tudo pr seu carro poder acelerar com taxa alta

tcheco 8687
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 3665
Idade : 56
Localização : parana
Modelo do carro : coupe diplomata 8687
Cilindros : 4cc , melhorado.......
Data de inscrição : 04/07/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por tcheco 8687 em Dom 6 Dez - 16:45:33

OK.
Obrigado, chumbo e toxico, mas tinha bom desempenho.

adpachec
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 4984
Idade : 41
Localização : Jacareí SP
Modelo do carro : GM e VW.
Cilindros : 4 + 4
Data de inscrição : 29/04/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por adpachec em Dom 6 Dez - 17:03:07

tcheco 8687 escreveu:OK.
Obrigado, chumbo e toxico, mas tinha bom desempenho.

Sim tinha bom desempenho, e a nossa gasolina na época tinha chumbo também.

OKK

tcheco 8687
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 3665
Idade : 56
Localização : parana
Modelo do carro : coupe diplomata 8687
Cilindros : 4cc , melhorado.......
Data de inscrição : 04/07/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por tcheco 8687 em Dom 6 Dez - 17:05:17

Tinha chumbo e sem alcool, que saudades.

adpachec
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 4984
Idade : 41
Localização : Jacareí SP
Modelo do carro : GM e VW.
Cilindros : 4 + 4
Data de inscrição : 29/04/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por adpachec em Dom 6 Dez - 17:18:24

tcheco 8687 escreveu: Tinha chumbo e  sem alcool,  que saudades.

Verdade....
Hoje fiz as contas, em 2013 com R$ 100,00 enchia o tanque hoje preciso de R$ 215,00.
E o desempenho não é igual a antigamente (gasolina com chumbo sem álcool).

bruno silverstar83
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 4547
Idade : 20
Localização : Araucária-PR
Modelo do carro : Silverstar 1983
Cilindros : 6 Cilindros
4.1/S
Data de inscrição : 12/04/2012

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por bruno silverstar83 em Dom 6 Dez - 19:52:47

Daniel lugo escreveu:

Amigo, conversei bastante com um representante da Militec, e perguntei justamente isto pra ele; se eu poderia ao fazer  o motor usar o Militec, ele me disse que NÃO, só depois de 5 mil km´s! Mas também disse que o pessoal que monta motor forte, usa uma especie de forno pra aquecer a peça e o Militec aderir. Confesso que cientificamente não entendo bulhufas dessa teoria, mas encontro o cara em todas as etapas no Velopark. Vai enternder Question Question

Isso de aquecer já algo mais complexo né,mas agora que você falou vou esperar mais de 5000 km então,até o molykote não é recomendado em motor novo.

matheuskbeca escreveu:

Bom dia.

É exatamente esse vídeo que eu vi...também achei 10cv muita coisa, e por isso comecei a pesquisar sobre o produto.
O problema é que na cidade que moro não tem dinamômetro para comprovar, então só se realmente for um aumento muito grande a ponto de sentir no “pendal”...
Vou fazer isso lá pelo dia 17 e acho que em uns 15 a 20 dias (não rodo muito) já deve dar para o produto fazer o efeito.



Pois é,uma ventoinha que você tira do motor te da uns 2 a 5 cv,como que o militec daria 10 cv né,conte pra nós depois as impressões OKK


_________________
Opala muito mais que um carro,uma paixão.

___________________________________________________

Tópico do silverstar 83 6cil de weber 40  Twisted Evil

Refazendo o motor do silver...


Daniel lugo
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 164
Localização : RS
Data de inscrição : 06/05/2015

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por Daniel lugo em Seg 7 Dez - 6:40:58

Sr.Bianchi escreveu:
Polento escreveu:''Porque cargas d'água usaria-se avgas se o motor não é acertado pra isso? Vai ficar pior que gasolina comum..." quote

Também não sei se avgas é miscível na gasolina comum, teria q botar num litro e ver se elas se misturam ou se separam depois de um tempo.

O q eu quis dizer é q se vc misturar avgas na gasolina comum que está acertada para não ser rica nem pobre (estequiométrica), o avgás (q não tem alcool) vai enriquecer a mistura , veja:

14,7:1 = mistura gasolina pura.
9:1 = alcool puro.
13:3 =  regulagem do carburador com 22% de alcool (fonte internet).

Dizendo q o seu carro esteja com carburador regulado pra 13:3, se vc misturar avgas (que usaria regulagem 14,7:1 pra ela pura), vc vai estar enriquecendo a mistura ar\combustível, somando ainda a octanagem maior, vc deve aumentar a potencia. Não dá pra adicionar muito, só o suficiente pra ficar segundo a imagem abaixo:

https://en.wikipedia.org/wiki/File:Ideal-stoichiometry.jpg

Essa imagem é pra gasolina pura.


Desculpa se fui chato ou ofendi alguém


Não, nada disso, cara...nem chato e muito menos ofensivo.

O pessoal um tempo atrás, colocava avgas nos carros.
Sei da história de um rico empresario (e hoje mais sujo que pau de galinheiro - mas essa fica pra outra) que colocava gasolina de avião no tanque da Bmw dele.

Só que nessa época a informação no Brasil era luxo pra poucos - aparentemente mais até que um carro de luxo.

Enfim, ta um pouco confuso essa linha de pensamento, ao menos o meu entendimento.

Funciona assim: motores a gasolina naturalmente aspirados tem mistura estequiométrica em 14,7 partes de ar para 1 de combustível (gasolina).
Porém, não é nessa proporção que ele produz mais potência.
14,7:1 ou lambda = 1.00 é ideal para lenta e baixa carga. Para aceleração em carga plena, para máxima potência essa proporção deverá em geral ser de 11,5 a 13,0:1. Isso em se tratando de gasolina.
Assim como o álcool, metanol etc, o avgas vai ter outra mistura estequiométrica.

A vantagem real do uso de um combustível de maior octanagem é a possibilidade de se utilizar maior taxa de compressão, maior pressão em caso de sobrealimentação, ponto de ignição mais avançado em especial pela característica de maior tolerância a detonação.

Por isso que acho besteira pagar um absurdo por podium. Isso só valeria a pena se o carro fosse somente, sempre abastecido com esse combustível e tivesse acerto dos mapas de injeção baseado nesse combustível.

---------------------------------

Excelente postagem Adpachec OKK


Você se refere a Eficiência Volumétrica???

matheuskbeca
Opaleiro
Opaleiro

Masculino Número de Mensagens : 465
Localização : Pouso Alegre - Minas Gerais
Modelo do carro : Opala Comodoro 89/89 SL/E 4.1/S
Cilindros : 6 cilindros - 4.1
Data de inscrição : 20/10/2014

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por matheuskbeca em Seg 7 Dez - 7:58:06

bruno silverstar83 escreveu:
Daniel lugo escreveu:

Amigo, conversei bastante com um representante da Militec, e perguntei justamente isto pra ele; se eu poderia ao fazer  o motor usar o Militec, ele me disse que NÃO, só depois de 5 mil km´s! Mas também disse que o pessoal que monta motor forte, usa uma especie de forno pra aquecer a peça e o Militec aderir. Confesso que cientificamente não entendo bulhufas dessa teoria, mas encontro o cara em todas as etapas no Velopark. Vai enternder Question Question

Isso de aquecer já algo mais complexo né,mas agora que você falou vou esperar mais de 5000 km então,até o molykote não é recomendado em motor novo.

matheuskbeca escreveu:

Bom dia.

É exatamente esse vídeo que eu vi...também achei 10cv muita coisa, e por isso comecei a pesquisar sobre o produto.
O problema é que na cidade que moro não tem dinamômetro para comprovar, então só se realmente for um aumento muito grande a ponto de sentir no “pendal”...
Vou fazer isso lá pelo dia 17 e acho que em uns 15 a 20 dias (não rodo muito) já deve dar para o produto fazer o efeito.



Pois é,uma ventoinha que você tira do motor te da uns 2 a 5 cv,como que o militec daria 10 cv né,conte pra nós depois as impressões OKK

Pode deixar que faço o relato depois!


Conteúdo patrocinado

Re: Aditivo para Gasolina.

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 13:11:24


    Data/hora atual: Sex 2 Dez - 13:11:24